A caspa em cães

09 Junho, 2018
A caspa em cães é uma doença dermatológica que ocorre devido a causas como o ressecamento da pele, mudanças hormonais ou uma má nutrição; para evitá-la, é importante seguir um tratamento simples e que poderá ser feito em sua própria casa.

São muitas as doenças que os nossos animais de estimação compartilham conosco, ainda que possamos ignorar isso. Por exemplo, você já ouviu falar sobre a caspa em cães? Pois ela existe. Contaremos a você as causas e como tratá-la. Não perca!

Por que surge a caspa em cães

Há vários motivos que levam o nosso cão a ter caspa. Estes são alguns:

  • Ressecamento da pele. Às vezes, a pele resseca por falta de alguns nutrientes que causam um desequilíbrio na derme. Se a alimentação de seu animal de estimação carece de alguns nutrientes necessários, como o Ômega 3 ou outros ácidos graxos, isso poderá vir a ocorrer.
  • Mudanças hormonais. Estas podem fazer com que os cães tenham níveis mínimos de oleosidade natural e que a caspa surja como resultado. Dentro destas mudanças, poderíamos falar também de problemas endócrinos como o desequilíbrio ovariano (no caso de cadelas), hipotireoidismo ou hiperadrenocorticismo.
  • Má nutrição. Uma má alimentação não contribuirá com os nutrientes necessários, e isto, por sua vez, fará com que se reduzam os níveis de líquidos e da oleosidade natural da pele, o que provocará o ressecamento da pelagem e da pele, e a consequente caspa.
Dona escovando o pelo do cachorro

  • Falta de higiene. Talvez o seu cão não goste muito de água e, por isso, talvez, você tente banhá-lo o mínimo possível. Lembre-se de que você deve cuidar do bem-estar de seu animal de estimação, sem importar se ele gosta ou não. Uma das regras a seguir em relação a isso é a higiene dos nossos amigos peludos. Se seu cão já tem caspa, use xampus para cães com pele sensível. Uma lavagem excessiva da pelagem também poderá ocasionar a caspa, já que isso remove a oleosidade natural.
  • Falta de escovação. Todos os cães precisam de pelo menos uma escovação semanal, ainda que existam alguns que requeiram mais. Quando a escovação não for feita na quantidade adequada, ou da maneira correta, as células da pele não se ativam, acumulam-se os pelos mortos e isto pode provocar o aparecimento de caspa.
  • Estresse. O estresse e a ansiedade podem causar uma dermatite que gere caspa, bem como uma psoríase. Se seu animal de estimação sofre de estresse, faça exercícios com ele; talvez isso só se deva a um baixo nível de atividade.
  • Seu sistema imunológico. Um mau funcionamento deste pode alterar a pele e, assim, causar o surgimento da caspa.

Agora, se você se deu conta de que seu cão tem caspa, como proceder para tratá-la?

Como tratar a caspa em cães

Há várias coisas que podem ser feitas tanto para prevenir como para tratar a caspa em cães.  Ainda que este não seja um grande problema, se não for tratado a tempo, poderá ocasionar problemas de pele mais graves.

  • Escovar os pelos com a frequência adequada, o que tem que ser levado em conta é que há cães que precisam de mais escovações do que outros. Não pense que isto é um assunto sem importância, pois a escovação facilita a eliminação de células mortas, o que dá lugar para que as novas se regenerem.
  • Acrescente gorduras saudáveis à dieta de seu cão. Sem importar se a alimentação de seu cão é crua ou seca, assegure-se de que ele bebe suficiente água e agregue alguma comida enlatada; pode ser um pescado, que contribuirá com óleos naturais que beneficiarão sua pele.
  • Não o banhe muitas vezes. Dar mais banhos não lhe fará bem, mas sim o contrário, já que a higiene excessiva freia o aparecimento da oleosidade natural. A pele então se resseca e dá lugar à caspa.
Cachorro tomando banho

  • Use xampus para peles sensíveis. Estes, ainda que não tratem a caspa em particular, ajudarão a aliviar os problemas que seu animal de estimação possa ter em sua pele e, portanto, fazer com que a caspa desapareça.

Se após seguir estes passos você notar que o seu animal continua tendo caspa, vá imediatamente ao veterinário. Pois isso pode se tratar de um problema mais sério, como a sarna.