6 animais com cauda preênsil

26 Julho, 2020
Os animais com cauda preênsil são principalmente mamíferos e se caracterizam por ter esse membro desenvolvido e habilitado para ser usado como meio de deslocamento, para se segurar em galhos ou até mesmo para pegar objetos.
 

Ver a cauda dos animais que têm cauda preênsil é algo que chama a nossa atenção, já que ela funciona como se fosse um braço ou uma perna adicional. Esse membro tem muitos benefícios! Neste artigo, vamos falar sobre alguns animais com cauda preênsil, todos mamíferos.

Exemplos de animais com cauda preênsil

Devido a uma adaptação biológica, muitos mamíferos têm cauda preênsil. Com ela, eles conseguem segurar objetos, agarrar-se a galhos de árvores ou se deslocar através da vegetação. A palavra ‘preênsil’ significa justamente ‘capaz de segurar’, em latim. Alguns exemplos desses animais são:

1. Macaco bugio ou macaco uivador

Nativos da América Latina, os macacos bugios – foto que abre este artigo – são primatas que habitam áreas tropicais e cujo nome se baseia no tipo de linguagem que usam para se comunicar.

Eles medem cerca de 90 centímetros, mas dobram de tamanho se somarmos a cauda preênsil, que serve para que eles se segurem nos galhos das árvores enquanto ficam com as mãos livres para comer. A cauda pode suportar todo o seu peso corporal sem problemas!

2. Tamanduá ou urso-formigueiro

Esse é outro animal com cauda preênsil encontrado na América e, embora seu nome indique o contrário, ele não tem parentesco com os ursos.

animais com cauda preênsil
Fonte: http://www.robinsonlibrary.com/
 

Os vermilíngues têm um corpo robusto de até 130 centímetros de comprimento e uma cauda que mede cerca de 85 centímetros. Geralmente, a cauda é usada para que eles se segurem nas árvores enquanto introduzem seu focinho comprido em cupinzeiros e formigueiros para procurar alimento.

3. Binturongue

Também conhecido como urso-gato-asiático, é um mamífero do sudeste asiático, mais precisamente das florestas do Vietnã, Malásia, Bornéu e Indonésia. De hábitos noturnos e alimentação onívora – frutas, insetos e carniça – o binturongue está em perigo de extinção devido à caça por causa de sua pele.

animais com cauda preênsil

Em relação ao seu tamanho, seu corpo mede cerca de 95 centímetros e a cauda outros 90. Ela é usada para que eles se segurem nas árvores, já que passam muito tempo entre elas. Quando descem ao chão, apoiam a planta dos pés quase inteiramente ao caminhar (plantígrados).

4. Rato da colheita

Seu nome científico é Micromys minutus e é um roedor muito pequeno que vive em quase toda a Europa e no centro e sudeste da Ásia. Tem pelagem marrom clara, orelhas redondas, focinho curto e uma cauda preênsil que pode ser maior que seu corpo inteiro.

 
animais com cauda preênsil

O rato da colheita é um dos alimentos preferidos das aves de rapina noturnas. Ele faz ninhos aéreos entre as árvores.

5. Pangolim

Além de ser um dos animais com cauda preênsil, também é uma das espécies mais fascinantes que existem. Ele pode se enrolar em forma de bola quando percebe o perigo e se protege dos predadores por meio de sua pele dura e coberta de escamas.

animais com cauda preênsil

O pangolim é típico da África e vive nas selvas do centro e oeste do continente. Esse animal tem hábitos noturnos e arbóreos, já que pode andar tanto apoiado sobre as quatro patas quanto apoiado nas patas traseiras, usando a cauda como contrapeso. Ele pode subir até mesmo em árvores sem galhos.

6. Gambá

O último dos animais com cauda preênsil dessa lista é um marsupial americano que tem a capacidade de se adaptar a quase qualquer ecossistema, embora opte principalmente pela selva e pela floresta.

 
animais com cauda preênsil

O gambá tem uma pelagem áspera de cores variadas – preta, cinza, vermelha – e uma cauda muito longa, que excede o comprimento do seu corpo, cuja base é coberta de pelo, mas que apresenta um tipo de escama na ponta. Eles a utilizam para segurar em galhos de árvores ou postes de madeira.

Existem animais com cauda preênsil que não sejam mamíferos? Sim, trata-se de dois peixes: o cavalo-marinho e o peixe-cachimbo.

 
  • Garber, P. A., & Rehg, J. A. (1999). The ecological role of the prehensile tail in white-faced capuchins (Cebus capucinus). American Journal of Physical Anthropology. https://doi.org/10.1002/(SICI)1096-8644(199911)110:3<325::AID-AJPA5>3.0.CO;2-D