Animais que conseguem dormir com um lado do cérebro acordado

02 Julho, 2020
Existem animais capazes de dormir com apenas um lado do cérebro para que possam sobreviver no ambiente aquático ou aéreo. Você quer saber quais são? Continue lendo!

Você já se perguntou como as baleias ou os golfinhos dormem? Como eles conseguir subir até a superfície para respirar enquanto estão dormindo? E quanto aos pássaros que fazem longos voos? Você pode não acreditar, mas existem animais que conseguem dormir com um lado do cérebro acordado.

A seguir, vamos falar mais sobre esse fenômeno curioso e os casos de maior destaque que podem ser encontrados no reino animal.

O sono e a vigília

Os seres vivos adaptam seu comportamento e sua fisiologia ao meio ambiente através de ritmos biológicos, isto é, vivemos com base em parâmetros biológicos, em um intervalo regular de tempo. Esse intervalo pode ser de horas, dias, meses… Os ritmos que se repetem ao longo de um dia são chamados de “ritmos circadianos”.

O sono e a vigília funcionam como um ritmo circadiano. A vigília é o período no qual permanecemos acordados, com atividade sensorial e motricidade. Por outro lado, durante o sono, os animais “desconectam os sentidos do ambiente” e a motricidade é reduzida.

Essa mudança na atividade cerebral pode ser registrada em um eletroencefalograma e é reconhecida pela aparência das ondas que produz.

Animais que conseguem dormir com um lado do cérebro acordado

  • O sono profundo consiste em oscilações lentas de grande amplitude.
  • Por outro lado, durante a vigília, as oscilações são rápidas e de baixa amplitude.

Graças a esse registro, é possível fazer estudos do sono. O padrão do cérebro durante o sono fornece muitas informações sobre o seu funcionamento em espécies nas quais permanecer acordado constantemente é fundamental para a sobrevivência.

Quais animais conseguem dormir com um lado do cérebro acordado?

Os mamíferos marinhos, as aves e possivelmente alguns répteis adotam um estado de semivigília durante o dia. Esse estado é necessário para que continuem respirando no ambiente aquático ou para que possam permanecer alertas em um ambiente hostil.

Para que possam permanecer semiacordados, uma parte do cérebro descansa enquanto a outra permanece atenta ao ambiente. Esse fenômeno é chamado de “sono uni-hemisférico” e foi estudado em detalhes no caso dos golfinhos.

Os golfinhos dormem com apenas um dos hemisférios cerebrais. Durante esse período, eles mantêm um dos olhos aberto para observar o que está acontecendo ao redor. Os adultos geralmente ficam com o olho aberto voltado para os companheiros do grupo social e os filhotes para suas mães. O mais incrível é que tudo isso acontece durante a natação contínua. 

Animais que conseguem dormir com um lado do cérebro acordado

O sonho uni-hemisférico dos golfinhos

Proporcionalmente, os golfinhos têm um cérebro grande. De fato, eles estão em segundo lugar no ranking de tamanho de cérebro, depois dos seres humanos.

Por outro lado, o cérebro desses animais possui inúmeras circunvoluções, que são as rugas que percorrem os hemisférios cerebrais. No entanto, sua organização é diferente. Por exemplo, a região responsável pelo processamento auditivo é altamente desenvolvida.

Uma coisa que chama atenção é o grande tamanho do corpo calosoque é a conexão física entre os dois hemisférios. Acredita-se que aí esteja a chave para explicar como existem animais que conseguem dormir com um lado do cérebro acordado.

Há uma alternância entre os hemisférios, permitindo, assim, que esses animais descansem completamente ao mesmo tempo que nadam e respiram com o hemisfério “acordado”.

Ao dormir com apenas um hemisfério do cérebro, o outro permanece consciente o suficiente para que o animal se desloque até a superfície em busca de oxigênio.

Animais que conseguem dormir com um lado do cérebro acordado

Dormir com um olho aberto

Na maioria dos mamíferos, a maior parte das fibras nervosas do olho chega ao hemisfério cerebral oposto ou contralateral, enquanto uma parte menor chega ao hemisfério do mesmo lado.

O golfinho é uma exceção. Cada olho projeta as suas fibras nervosas no hemisfério contralateral. Esse fato explica por que eles são capazes de abrir o olho oposto ao hemisfério adormecido.

Os golfinhos são animais sociais e que geralmente se deslocam em grupos. A vigilância constante do grupo pode evitar ataques de predadoresque podem vir de qualquer direção e a qualquer momento, no caso de um habitat aberto, como o oceano.

O sono uni-hemisférico também foi observado em aves. Enquanto dormem, elas observam usando apenas um dos olhos, a fim de vigiar o ambiente quando estão no chão. Acredita-se também que esse seja um recurso valioso durante as migrações ou em voos longos.

  • Jerome M. Siegel. Do all animals sleep?, Trends in Neurosciences, Volume 31, Issue  (2008), Pages 208-213.
  • Oleg Lyamin, Julia Pryaslova, Peter Kosenko, Jerome Siegel Physiol Behav. Behavioral aspects of sleep in bottlenose dolphin mothers and their calves (2007).
  • Yuske Sekiguchi, Kazutoshi Arai, Shiro Kohshima. Sleep behaviour: sleep in continuously active dolphins. Nature (2006).
  • Documental: Delfines y aves sueño unihemisférico.
  • Con un ojo abierto. Investigación y ciencia.