O bagre de cabeça achatada: características físicas

10 Setembro, 2020
O bagre de cabeça achatada é um siluriforme e um predador noturno que vive em áreas pouco profundas de água doce. É um animal muito apreciado na pesca esportiva.

Bagre de cabeça achatada é o nome comum dado ao Pylodictis olivaris, um peixe de água doce pertencente à família Ictaluridae e à ordem dos Siluriformes.

Características físicas do bagre de cabeça achatada

O bagre de cabeça achatada pertence à ordem dos Siluriformes, cujos componentes são conhecidos como bagres ou peixes-gatos. A denominação de bagre ou peixe-gato se deve aos ‘bigodes’ que esses peixes apresentam ao redor da boca, embora nem todas as espécies de bagre possuam bigodes.

Portanto, o bagre de cabeça achatada, ao fazer parte dessa ordem, também compartilha das suas características típicas. Esses peixes não têm escamas e, como fazem parte do grupo dos bágridos, apresentam um corpo nu, coberto apenas por uma pele resistente.

Por outro lado, eles apresentam bigodes muito sensíveis e todos os peixes da ordem possuem o aparelho weberiano, um dispositivo mecânico cuja função é melhorar a audição e conectar a bexiga natatória ao sistema auditivo do peixe.

Além disso, as barbatanas dorsal e peitoral apresentam uma farpa, que pode ou não ser serrilhada. Em alguns casos, ela pode ser dura e bastante afiada. Essas barbatanas podem estar para fora e, assim, aumentar a área do corpo do peixe ou, pelo contrário, estarem inseridas, de modo que possam ser escondidas em fendas corporais. 

A barbatana dorsal possui esses espinhos, enquanto as barbatanas traseiras não possuem essas farpas. O bagre de cabeça achatada também recebe o nome comum de peixe-gato de cabeça achatada.

O bagre de cabeça achatada: características físicas

Esse peixe pode pesar até 55 quilos. Além disso, foi registrada uma expectativa de vida de 20 anos e um tamanho que varia dos 46 aos 50,8 centímetros, aproximadamente.

Alimentação

O bagre de cabeça achatada é um predador. Alimenta-se principalmente de robalo e lagostim, entre outros animais. Também foi observado que ele pode ingerir outras espécies de bagres.

Eles tendem a caçar durante a noite, em regiões de águas rasas. Durante o dia, geralmente permanecem descansando em um esconderijo.

Ecologia

Os bagres de cabeça achatada geralmente se reproduzem em áreas baixas de riachos, mais especificamente em áreas turvas, com pouca profundidade.

Os indivíduos jovens são encontrados em áreas rochosas e arenosas ou em corredeiras. Estas últimas são águas fluviais, regiões importantes do fluxo do rio, onde coabitam diferentes espécies aquáticas.

Por sua vez, é fácil localizar os adultos, pois eles ficam em buracos profundos criados pelas correntes. Eles costumam ficar ficam perto de pilhas de madeira ou outros tipos de cobertura.

Habitat e distribuição do bagre de cabeça achatada

O bagre de cabeça achatada é um peixe de água doce amplamente distribuído nos Estados Unidos e no México. Mais especificamente, esse peixe é nativo da Bacia dos Grandes Lagos, bem como das bacias dos rios Mississippi, Ohio e Missouri.

De fato, estão presentes em diferentes estados nos Estados Unidos, como, por exemplo, no oeste da Pensilvânia, em Dakota do Norte, Geórgia ou Alabama. Também é possível encontrá-lo na América do Sul e no México.

Além disso, foi introduzido em vários outros estados, tais como Flórida, Carolina do Sul, Idaho, Oregon, Washington, Califórnia e Arizona. Também foi levado para o Canadá e outros países.

Estado de conservação

O bagre de cabeça achatada foi classificado pela UICN na categoria menos preocupante. Essa classificação se deve ao grande número de subpopulações existentes, bem como ao grande tamanho da população.

Além disso, o bagre de cabeça achatada não está exposto a ameaças significativas que possam influenciar o tamanho da sua população.

A população parece permanecer estável. No entanto, foi sugerida uma diminuição no número de indivíduos nas três últimas gerações (nos últimos 10 anos). Apesar disso, como não diminuem com rapidez suficiente, não foram classificados como risco imediato.

Por esses motivos, não há medidas excepcionais para a proteção dessa espécie ou planos de conservação. Também não foram registradas ações especiais de manejo, monitoramento ou pesquisa.

Curiosidades sobre o bagre de cabeça achatada

O bagre de cabeça achatada é um dos peixes de caça por excelência. Nas competições de pesca ou de pesca esportiva, ele geralmente é o objetivo de muitos pescadores.

O bagre de cabeça achatada: características físicas

Uma das razões para a sua caça é a sua carne, pois é considerada a mais saborosa dentre todas as espécies de bagres.

Os pescadores precisam de equipamentos robustos, como varas de peso médio ou pesadas, que medem cerca de 1,8 ou 3 metros de comprimento. Para atrair a atenção do bagre de cabeça achatada, são usadas iscas vivas, tais como arenque de água doce, peixe-lua ou carpas, com 13 a 30 centímetros de comprimento.