O que é a bi-nutrição para animais de estimação?

15 Julho, 2020
Conforme seu gato consome mais calorias e produz mais resíduos metabólicos, ele precisa de mais água para manter a temperatura corporal ideal. A alimentação biológica é essencial para evitar problemas urinários no futuro.

Há vários anos, os profissionais da saúde animal perceberam que a ingestão exclusiva de rações ou alimentos sólidos pode levar a um baixo consumo de água, principalmente em gatos. Às vezes, esse hábito é responsável por problemas urinários, tais como cálculos ou cistites. Por isso, atualmente é recomendada a bi-nutrição para animais de estimação.

Mas o que é a bi-nutrição para animais de estimação?

A bi-nutrição, também conhecida como alimentação biológica, consiste em misturar dois tipos de alimentos. Mais especificamente, consiste em combinar as rações com as chamadas rações úmidas, que contêm de 60 a 70% de água.

Essa prática alimentar tem como objetivo aumentar a ingestão de água através dos alimentos. Você deve saber que um gato só fica com sede quando está desidratado. Portanto, a inclusão de alimentos úmidos não vai apenas promover a hidratação, como também vai proteger seu animal de estimação, em certa medida, contra as doenças do trato urinário.

Ela também ajuda a diversificar as refeições. Portanto, fornecer alimentos úmidos é benéfico para o gato doméstico, conhecido pelo paladar exigente e pela baixa ingestão espontânea de água.

Para o bem-estar do seu animal de estimação, opte por uma dieta com variedade de sabores, texturas e aromas, desde cedo. Não hesite em pedir recomendações para o vendedor de um pet shop para que você possa adaptar a alimentação do seu amigo de quatro patas às suas necessidades.

Virtudes da bi-nutrição para animais de estimação

Como já mencionado acima, algumas doenças do trato urinário ocorrem por causa da baixa quantidade de água ingerida pelos nossos animais de estimação. Esse tipo de problema é muito mais frequente em gatos.

a bi-nutrição para animais de estimação

A bi-nutrição fornece muitos nutrientes que contribuem para um funcionamento eficiente dos órgãos do trato urinário do gato. Alimentos de boa qualidade, beber muita água fresca e ter uma caixa de areia limpa são os melhores passos para evitar esse tipo de doença.

Por que supor que a bi-nutrição é a melhor opção para os animais de estimação?

Os problemas que afetam o trato urinário inferior de um gato geralmente impedem sua bexiga de esvaziar adequadamente. Podem até mesmo causar um bloqueio fatal da uretra, o tubo que conecta a bexiga à parte externa do corpo.

A desidratação costuma ser a principal causa desse tipo de doença, pois provoca um desequilíbrio de água e eletrólitos (minerais) no organismo e pode desencadear sérias complicações no animal de estimação.

A bi-nutrição para animais de estimação fornece a quantidade necessária de líquidos que devem ser consumidos diariamente para a manutenção da saúde. Além disso, também ajuda a repor os líquidos perdidos rotineiramente através da urina, das fezes e da respiração.

A água compõe 80% do corpo do seu gato e é necessária para todos os processos biológicos, incluindo a circulação, a digestão e a eliminação de resíduos. Por isso, a ideia é combinar os dois tipos de alimento. Geralmente, são usadas duas configurações:

  • A mistura de ração e patê (geralmente para gatos).
  • A combinação de alimentos industrializados – ração com ou sem patê – e alimentos caseiros (que você mesmo prepara para o animal de estimação).

As rações são melhores?

No passado, isso era um fato. Os alimentos oferecidos em casa consistiam principalmente de restos de comida, o que inevitavelmente levava a excessos, principalmente de gorduras, e deficiências de cálcio e vitaminas, causando doenças graves.

a bi-nutrição para animais de estimação

A criação de rações balanceadas permitiu que todas as necessidades dos nossos animais de estimação fossem atendidas adequadamente, ajudando a aumentar sua expectativa de vida de forma significativa, principalmente porque agora existem até mesmo rações para tratar doenças específicas.

No entanto, vemos que o uso exclusivo de ração muitas vezes leva a um baixo consumo de água, gerando, assim, problemas urinários.

Comida caseira ou industrializada

Em geral, um gato adulto deve beber aproximadamente a mesma quantidade de água – em mililitros – do que a quantidade de quilocalorias consumidas ao dia. A ração seca para gatos contém entre 7% e 12% de água, enquanto a ração enlatada pode ter até 80% de água. 

Gatos que comem apenas ração seca não recebem tanta água a partir dos alimentos quanto os gatos que comem ração enlatada. Por isso, eles sempre devem ter fácil acesso a água potável e limpa para complementar sua ingestão. O uso de fontes de água para gatos é uma opção ideal para estimular a ingestão de água.

É necessário um verdadeiro estudo dietético, de acordo com o peso, a idade, a fase fisiológica e possíveis doenças. Devemos escolher uma fonte de proteína (uma carne), adicionar uma fonte de ácidos graxos (um óleo), uma fonte de vitaminas e minerais (complexo em pó industrializado) e uma fonte de fibras (vegetal, amilácea) para, dessa forma, fornecer ao nosso amigo uma dieta equilibrada para uma melhor qualidade de vida.

http://www.lessentielvet.com/IMG/pdf/chat2-49.pdf