Os cães podem se esquecer das pessoas?

26 Outubro, 2020
Os cães são os companheiros indiscutíveis dos seres humanos há séculos, pois são amigos fiéis e amorosos. Mas será que eles podem se esquecer das pessoas?

Ao pensar nos cães, eles sempre recebem o título de companheiros fiéis do homem. Foram domesticados há milhares de anos e, desde então, tornaram-se um dos melhores amigos dos humanos. No entanto, será que os cães podem se esquecer das pessoas?

Interações entre humanos e animais

As relações entre humanos e cães são bastante complexas. Desde o início dessa relação, incluindo o processo de domesticação, ambos passaram por mudanças.

Ao longo da história, houve um processo de seleção natural. Dessa forma, prevaleceram os traços que permitem uma maior sobrevivência.

Por isso, alguns estudos destacam que os cães são especialistas na leitura dos humanos e dos seus comportamentos sociais e comunicativos. Inclusive, eles são mais habilidosos nesse aspecto do que os animais evolutivamente mais relacionados aos humanos, como os primatas.

Essas habilidades permitem que eles estabeleçam relações sólidas com os humanos. Por exemplo, os cães são capazes de estabelecer um olhar recíproco, tanto com outros cães quanto com humanos. Isso facilita a comunicação e permite que criem relações.

Bowlby foi o primeiro a propor a teoria do apego. De acordo com essa teoria, o ser humano busca estabelecer relações, um contato tanto físico quanto emocional, uma vez que é biologicamente predisposto a isso.

O ‘efeito animal de estimação’ é a denominação dada ao efeito positivo de viver com um animal para a saúde de uma pessoa. Portanto, a relação entre ‘espécies companheiras’, tais como cães e humanos, está ligada à liberação de ocitocina e a uma influência positiva na saúde do indivíduo.

Memória dos cães

A intervenção de hormônios como a ocitocina tem sido estudada no âmbito científico. A ocitocina tem um duplo efeito, sendo capaz tanto de facilitar o estabelecimento de relações entre os indivíduos quanto de reduzir os níveis de estresse.

No entanto, não foi encontrado nenhum estudo científico que medisse a capacidade de um cachorro de se lembrar dos seus tutores. Isso porque nenhum tutor gostaria de ficar separado do seu cachorro durante um longo período de tempo apenas para estudar por quanto tempo seu animal de estimação seria capaz de se lembrar dele.

A inteligência dos cães

É possível pensar que, para verificar se os cães podem se esquecer das pessoas, é preciso conhecer a inteligência do animal. No entanto, falar sobre memória não é a mesma coisa que falar sobre inteligência.

Tendo em vista a grande diversidade de raças e a diversidade genética presente em cada uma delas, não é tão fácil medir a inteligência de cada uma.

Sabe-se que os cães têm três tipos de inteligência, enquanto os humanos possuem vários tipos de inteligência. Os três tipos de inteligência são:

  • Inteligência adaptativa. É aplicada na aprendizagem e resolução de problemas.
  • Inteligência de trabalho. É aquela que intervém na obediência.
  • Inteligência instintiva. Habilidades determinadas pela genética, bem como pelos instintos.

Diferentes estudos têm mostrado que os cães são capazes de diferenciar uma figura humana específica. Além disso, eles também podem reagir de forma autônoma.

A memória: os cães podem se esquecer de você?

Para responder se os cães podem se esquecer das pessoas, é necessário conhecer os diferentes tipos de memória canina para medir sua capacidade de reconhecimento e memorização.

Memória dos cães

Diferentes estudos relataram a existência de uma memória imediata e de uma memória de longo prazo em cães. Em 2004, foi realizado um estudo com um border collie chamado Rico, que foi capaz de identificar 200 objetos diferentes.

Os autores do estudo concluíram que Rico tinha diferentes habilidades cognitivas, que são as seguintes:

  • A capacidade de diferenciar objetos com características e rótulos diferentes.
  • Aprendizagem por exclusão, um mecanismo generalizado.
  • Capacidade de armazenar informações na memória.

Por esse motivo, é possível determinar que os cães sejam capazes de se lembrar de seus tutores, de pessoas próximas e até mesmo de outros animais de estimação, mesmo que não estejam com eles há muito tempo. Assim, os cães não se esquecem das pessoas.

Eles também têm uma memória associativa, de modo que podem se lembrar de eventos específicos durante um longo período de tempo. Mais tarde, isso pode ajudá-los a tomar decisões, caso se encontrem em uma situação semelhante no futuro.

Os cães podem se esquecer depois de muito tempo?

A memória associativa permite que eles relacionem eventos que já ocorreram, caso se encontrem em situações semelhantes. No entanto, os cães geralmente se lembram mais de ações, vozes e cheiros, porque os associam a uma emoção.

Um exemplo coletado na mitologia grega é o retorno de Ulisses para casa após 10 anos lutando na guerra. O único que o reconhece imediatamente é o seu companheiro canino Argus, que ele havia criado desde filhote.

É possível concluir que os cães não se esquecem das pessoas. Apesar do tempo decorrido, os cães sempre se lembram de seus tutores.