Cavalos resgatados de uma enchente dão à luz: o milagre da vida

05 Novembro, 2020
Mais uma vez, a natureza nos surpreende através de nossos companheiros, os animais. Como éguas grávidas poderiam sobreviver às enchentes por meses? Aqui nós mostraremos a você.

Na cidade de Wellingborough, no condado de Northamptonshire (Inglaterra), ocorrem graves enchentes após períodos de chuva. Tanto é que a prefeitura, através da agência do Meio Ambiente, oferece ao cidadão todas as informações necessárias para se prevenir. Contudo, os cavalos resgatados que sobreviveram às últimas enchentes não tiveram o mesmo suporte.

Atualmente, as enchentes têm se tornado mais frequentes, perigosas e imprevisíveis. Alguns dos seres que mais sofrem com essas catástrofes são os animais que vivem nas fazendas. Em geral, o fazendeiro não tem recursos para resgatá-los e eles acabam se afogando. Felizmente, esse não é o fim de todos.

Hoje trazemos a você a maravilhosa história dos cavalos resgatados que deram à luz após as enchentes de Wellingborough, um verdadeiro milagre da vida.

Mudanças climáticas e enchentes

As mudanças climáticas, consequência do rápido aquecimento do planeta, fazem com que o ar carregue muito mais umidade. Isso resulta em fortes chuvas torrenciais que geralmente ocorrem no final do inverno e na primavera. No entanto, as tempestades de verão estão se tornando mais frequentes.

As enchentes que se originam dos rios, como ocorreu em Wellingborough, são causadas pelo seu transbordamento. Normalmente, esses cursos d’água têm zonas de inundação, mas a vegetação que os circunda impede que o transbordamento avance.

Entretanto, os rios que passam por assentamentos humanos carecem dessa vegetação e, quando transbordam, não há nada para impedi-los.

No caso das inundações de Wellingborough, foi o rio Nene que transbordou e levou tudo em seu caminho. Além das possíveis perdas humanas e materiais, uma enchente pode trazer muitas outras ameaças .

Aa água da enchente pode ser contaminada com água fecal humana e animal, pode conter bactérias perigosas e produtos químicos prejudiciais. Portanto, ficar em meio a este tipo de água pode ser muito perigoso, não só para as pessoas, mas também para os animais, como foi o caso dos cavalos resgatados.

Mudanças climáticas e enchentes

Os cavalos resgatados da enchente de Wellingborough

No início deste ano, várias organizações de proteção animal alertaram para a presença de dezenas de cavalos abandonados nos campos de pastagem em Wellingborough.

Esses animais sofreram as consequências de grandes tempestades como Ciara e Dennis, que inundaram os campos sem deixar comida ou abrigo para os animais.

Tanto a propriedade da terra quanto a dos cavalos não eram claras (e permanecem assim). Por essa razão, o parlamentar conservador, Pete Bone, pediu à Real Sociedade para a Prevenção da Crueldade que investigasse a condição dos cavalos.

Os inspetores veterinários que examinaram os animais e seu ambiente determinaram que eles ainda tinham solo seco e feno suficientes para se alimentar. Entretanto, vários cavalos foram encontrados mortos ou tiveram que ser sacrificados.

As ações da Câmara Municipal não pareceram agradar aos cidadãos, que realizaram mobilizações em conjunto com associações de defesa dos animais, como a World Horse Welfare ou a Blue Cross.

Final feliz para os cavalos resgatados

Após vários meses de protestos para salvar os animais, muitas coleções de assinaturas e muitas outras campanhas, os cavalos abandonados de Wellingborough puderam ser resgatados. No entanto, agora há um caminho difícil a percorrer.

De acordo com as diferentes associações que acolheram os equinos, muitos deles parecem não ter estado em contato com pessoas há anos. Isso torna a reabilitação dos animais extremamente difícil.

Para a surpresa dos socorristas, muitas éguas começaram a dar à luz seus potros logo após serem salvas. Algo muito raro dado o estado de desnutrição dos animais.

Aos poucos, os animais se recuperam e desfrutam de sua nova vida. Muitos deles já encontraram uma família que vai cuidar deles como eles merecem.

Como as éguas grávidas conseguiram sobreviver?

A gestação dos cavalos dura cerca de 11 meses, em alguns casos pode durar até um ano. Isso nos mostra que muitos dos cavalos resgatados das enchentes estavam abandonados à própria sorte há pelo menos 12 meses em um ambiente desfavorável.

Da mesma forma, durante a gestação das éguas, a quantidade e o tipo de alimento mudam consideravelmente. A dieta das éguas gestantes deve ser complementada ou muito variada.

Por outro lado, esses animais não tinham opção de forragear além do limite de sua cerca. Esses fatos nos mostram a robustez e a força desses animais.

Como as éguas grávidas conseguiram sobreviver?

Infelizmente, apesar de terem participado desse milagre da vida, as pessoas que resgataram os cavalos abandonados colocam em evidência a péssima legislação que supostamente deveria proteger os animais. Em suma, mais uma vez pudemos observar como parte da população humana maltrata e abandona os animais.