Chimpanzé usando celular: saiba por que não compartilhar o vídeo

13 Julho, 2020
Ver um chimpanzé usando um celular nas redes sociais pode parecer engraçado, mas esses vídeos virais são prejudiciais por vários motivos.
 

No ano passado, um vídeo com animais voltou a viralizar nas redes. Nesse caso, trata-se de um jovem chimpanzé usando um celular com o aplicativo do Instagram. O que pode parecer um vídeo engraçado ou até mesmo interessante, na verdade, pode promover os maus-tratos aos animais e enriquecer aqueles que fazem disso uma profissão.

O perigo dos vídeos virais

Assim como no caso de outros vídeos com animais, esse vídeo de um chimpanzé usando um celular com habilidade também se espalhou como um rastilho de pólvora pelas redes sociais. Mas por que isso é prejudicial?

Em primeiro lugar, é importante destacar que já sabemos que os vídeos com animais podem incentivar o tráfico ilegalhouve um aumento na captura de algumas espécies de animais na natureza após elas terem viralizado.

Isso aconteceu com outras espécies de primatas, como, por exemplo, o lóris lento, cuja participação como um animal de estimação em um vídeo fez com que a busca por ele aumentasse nas redes sociais de forma absurda, tornando famosa uma espécie que está sendo capturada para esse fim.

vídeo de um chimpanzé usando um celular

Sabemos que o aparecimento de animais selvagens em contextos humanizados nos faz pensar que esses animais seriam bons animais de estimação e até mesmo que eles estão menos ameaçados, algo que foi observado no caso dos chimpanzés.

 

Mas, caso tudo isso não tivesse importância ao avaliar os perigos de vídeos virais como esse, que promovem a transformação da fauna em animais de estimação e prejudicam a conservação das espécies selvagens, vale a pena conhecer a história por trás desse tipo de vídeo viral na Internet.

O que está por trás do vídeo de um chimpanzé usando um celular

Nesse caso, o chimpanzé que protagoniza o vídeo é um dos muitos animais que vivem em um conhecido centro americano com sede em Miami, que se promove como uma instituição dedicada ao amor e à proteção de animais selvagens.

No entanto, é válido perguntar por que uma instituição desse tipo teria um chimpanzé separado do seu grupo social, sem viver em uma instalação adequada: ver um chimpanzé usando um celular em uma sala, em vez de estar em uma selva ou em uma instalação adequada com o seu grupo social deveria nos deixar desconfiados.

Os primatas, incluindo os chimpanzés, são animais sociais que mantêm fortes laços com seus companheiros. Por que um chimpanzé tão pequeno está longe da mãe?

Esse zoológico é conhecido por ter vários filhotes de animais para que as pessoas possam tirar fotos com eles, de forma semelhante ao triste caso do falso reencontro entre um chimpanzé resgatado e seus tratadores.

 

Chimpanzés e outros animais são separados de suas mães e criados por humanos para que sejam animais mansos com os quais as pessoas possam tirar selfies, mesmo que isso seja muito prejudicial ao bem-estar do animal.

Esses centros estão se tornando cada vez mais populares: graças às redes sociais: vídeos e fotos que exibem macacos usando roupas ou interagindo com pessoas e outros animais se tornam virais em questão de minutos.

Isso nada mais é do que publicidade camuflada e gratuita que faz com que esses centros recebam milhares de visitantes à custa dos maus-tratos aos animais.

Por esse motivo, quando encontrar esse tipo de imagem em que os animais selvagens estão fora de uma situação natural, queremos pedir para que você tenha cuidado: podem parecer imagens cativantes, mas um chimpanzé usando celular é algo que nunca deveríamos ver, nem na natureza, nem em cativeiro.