Cinco dicas para acampar com um cachorro

07 Setembro, 2020
Acampar pode ser ainda mais divertido se o seu cão estiver com você. Descubra como compartilhar essas experiências emocionantes com o animal da maneira mais segura possível.

Uma boa opção para este verão é acampar e, se você também puder compartilhar esse momento com seu cão, as férias ficam ainda melhores. Acampar pode ser mais barato e mais descontraído do que passear ou ir às praias lotadas durante o verão, e o melhor é que é possível levar seu animal de estimação com você.

Como acampar com seu cachorro?

Em termos gerais, existem dois tipos principais de acampamento: acampamento livre e os campings. Por outro lado, há a prática de acampamento ao ar livre, na qual, como o nome já diz, você dorme sem usar uma barraca. Uma experiência adequada apenas para os mais aventureiros.

Atualmente, no Brasil, como regra geral, o acampamento livre é permitido em determinadas áreas habilitadas e sujeitas aos regulamentos da comunidade.

Os locais de acampamento livre são limitados e você precisa se certificar de estar em um deles para que a prática seja 100% legal. Se você decidir fazer esse tipo de acampamento e deseja a companhia do seu cãozinho, não haverá problema, pois você não precisa ir a nenhum estabelecimento: estará no meio da natureza ao lado do seu cão.

Por outro lado, para ficar em um camping, você deve reservar e se informar com antecedência se eles aceitam animais de estimação.

Aqui estão algumas dicas úteis a serem lembradas ao decidir acampar com um cachorro. Não deixe de ler, caso você não queira deixar seu animal de estimação em casa durante esse passeio.

Como acampar com seu cachorro?

1. Verifique se o acampamento aceita animais de estimação

Nem todos os parques de camping aceitam animais de estimação. Essa possibilidade está sujeita às regras do estabelecimento, portanto, o mais sensato é perguntar antes de fazer a reserva. O mesmo acontece com hotéis, praias, casas de campo ou qualquer lugar turístico.

Você também terá que levar em consideração as condições da acomodação, pois alguns parques de camping que aceitam animais de estimação têm certas restrições (por exemplo, número de animais ou tamanho) ou despesas extras que podem ser aplicadas à tarifa.

2. Antes de viajar, proteja seu cão contra parasitas e doenças

Esse conselho pode ser aplicado a qualquer viagem que você fizer com seu animal de estimação. Antes de viajar, principalmente para um ambiente natural, verifique se todas as vacinas do seu animal de estimação estão atualizadas, além de realizar a desparasitação externa e interna. A prevenção é sempre a melhor opção!

Lembre-se de que você deve proteger seu cão contra parasitas internos a cada três meses através do uso de um vermífugo oral e externamente aplicando pipetas ou coleiras específicas contra pulgas, carrapatos e mosquitos.

Leve o cartão de vacinação com você, caso precise comprovar que o animal está protegido contra as doenças. Além disso, esse documento mostra que você é o guardião legal do animal.

3. Prepare a ‘mala’ do seu animal de estimação

Faça uma lista de tudo o que ele vai precisar na viagem: quantidade suficiente de comida, acessórios para caminhada, bebedor, alimentador, brinquedos, guloseimas, cama, cintos de segurança para viajar de carro ou de transporte público, se necessário.

Um acessório que é muito útil para acampar com seu cachorro é uma coleira de LED para que você possa localizá-lo se for passear com ele no campo depois que escurecer.

Prepare a 'mala' do seu animal de estimação

4. Não deixe sinais da sua presença

Mesmo se você estiver na natureza, remova a urina com água e use sacos para coletar os excrementos do seu cão para respeitar os outros campistas. Essa prática é muito mais ecológica se, além disso, as sacolas forem recicláveis.

Fique de olho no seu animal de estimação e não o deixe perambular pelo acampamento ou incomodar outras pessoas. Também não deixe nenhum lixo: lembre-se de que a natureza pertence a todos.

5. Cuide do seu animal de estimação ao acampar

Fora de casa, é mais difícil controlar o horário de descanso, as refeições, os passeios e outros comportamentos da rotina do animal. As férias são para desconectar, mas não negligencie as necessidades do seu animal de estimação. Dê a ele algumas horas de descanso, diversão e comida. Também não se esqueça da água, muito importante após o esforço físico ou para suportar as horas mais quentes do dia.

Como vimos, acampar com o animal de estimação é uma atividade educativa e estimulante tanto para o tutor quanto para o animal se for feita da maneira correta. Em suma, essa opção sempre será melhor do que deixar o cão sozinho em casa e fortalecerá o vínculo emocional entre vocês.