As cinco diferenças entre chimpanzés e bonobos

15 Novembro, 2020
Chimpanzés e bonobos, também conhecidos como chimpanzés-pigmeus, são espécies muito semelhantes, mas diferentes em mais áreas do que podemos imaginar. A seguir, as diferenças essenciais entre os dois.

Os primatas são os animais mais próximos de nós, humanos. Contudo, dentro de seus muitos gêneros, encontramos mais variedade do que em nossa própria espécie. Existem mais de cem espécies diferentes e entre elas estão os chimpanzés e os bonobos, com os quais compartilhamos um código genético. Eles são nossos parentes vivos mais próximos.

Os chimpanzés e os bonobos pertencem ao mesmo gênero, Pan, e habitam as regiões da África Central e Ocidental, separadas pelo rio Congo. São espécies muito semelhantes, na verdade se cruzaram duas vezes ao longo de sua história evolutiva, mas possuem características físicas com as quais podem ser diferenciadas, bem como também diferentes condutas e comportamentos. A seguir, vamos mostrar as diferenças mais essenciais entre eles.

1. Separados por um rio

A área de distribuição dos dois primatas é bem definida: os chimpanzés vivem na margem norte do rio Congo, enquanto os bonobos vivem na margem sul. Acredita-se que a formação dessa característica geográfica foi o fator-chave que iniciou o processo de especiação, através do isolamento reprodutivo dos espécimes em ambos os lados do rio.

Os chimpanzés cobrem uma região mais ampla do mapa africano, pois podem ser encontrados em até 21 países diferentes do continente, desde o Senegal no oeste até a Tanzânia no leste. Isso significa que eles vivem em ecossistemas muito variados: florestas tropicais, florestas de montanha, pântanos e savanas.

Essa grande diversidade de habitats indica sua capacidade de adaptação, desde as áreas mais frondosas e úmidas até as mais áridas com mudanças bruscas de temperatura e umidade ao longo do ano, com longos períodos de seca. Os bonobos, por outro lado, têm uma distribuição mais restrita e raramente são vistos fora de seu habitat natural.

diferenças entre chimpanzés e bonobos

2. Os bonobos são menores e mais magros

Os bonobos são menores que os chimpanzés e as suas extremidades são mais longas e esbeltas, não tão musculosas quanto as dos seus parentes. Os filhotes nascem com o rosto preto, ao contrário dos chimpanzés, cujo rosto nasce rosa e vai escurecendo pouco a pouco.

Embora ambas as espécies de primatas possam se levantar e caminhar dessa forma, são os bonobos que o fazem com mais frequência em suas viagens. Como podemos ver, não é apenas a fisiologia que figura como um fator diferencial, pois eles também mostram comportamentos diferentes quando se movimentam.

3. Os chimpanzés são agressivos e territoriais

Ambas as espécies vivem em grupos sociais, mas os chimpanzés são muito mais agressivos que os bonobos, pois são grandes defensores de seu território. Guerras entre diferentes tribos de chimpanzés são comuns. Os bonobos são pacíficos e normalmente não há brigas por território entre grupos.

4. A sociedade matriarcal dos bonobos

Ao contrário de muitas espécies animais, os bonobos vivem em comunidades lideradas por fêmeas. Sua organização social é muito diferente dos grupos sociais de chimpanzés, nos quais existem diferentes estatutos sociais e todos (machos e fêmeas) são dominados por um macho alfa.

Nos grupos de bonobo, a influência das fêmeas é tamanha que as mães ajudam seus filhos a procriar (somente os machos). Dessa forma, os machos têm até três vezes mais probabilidade de acasalar.

As mães acompanham seus descendentes até os lugares onde as fêmeas férteis estão e intervêm se seus descendentes tiverem concorrentes, inclusive elas podem até perseguir os machos rivais, se necessário.

A prole de bonobo macho permanece com a mãe até a idade adulta, porém, nos chimpanzés isso não acontece, pois, os machos são geralmente desmamados aos quatro ou cinco anos e se tornam independentes aos nove anos de idade.

O papel da mãe é fundamental para a sobrevivência da prole, os chimpanzés sempre mantêm um vínculo materno, mas a relação é diferente em comparação com os bonobos. Além disso, os jovens machos podem formar coalizões uns com os outros e desafiar o macho alfa em seu grupo.

5. Usando o sexo para prevenir a violência e reduzir o estresse

Sem dúvida, uma das características que torna os pacíficos bonobos famosos e os diferencia dos outros primatas é o uso do sexo. As relações sexuais têm uma nuance muito importante nas comunidades dos bonobos, porque é mais uma interação social ou comunicativa do que um meio de reprodução.

Há copulações entre os dois sexos e com o mesmo sexo, não é raro ver dois bonobos machos ou dois bonobos fêmeas copulando. Além disso, eles exibem um amplo repertório de atividades sexuais como beijos, sexo oral, esfregar os genitais etc.

diferenças entre chimpanzés e bonobos

Os bonobos e chimpanzés são duas espécies de primatas muito semelhantes, mas as diferenças, especialmente de comportamento, são muito marcantes e tornam esses parentes distantes duas espécies únicas que devemos proteger para garantir sua sobrevivência.

  • National Geographic. Bonobos: el primate de la orilla izquierda, 2018.
  • National Geographic. Chimpancé.
  • Instituto Jane Goodall. Etología de los chimpancés.
  • Instituto Jane Goodall. Primos evolutivos.
  • Proyecto Gran Simio. Secuenciado el genoma del bonobo, nuestro pariente más sociable.
  • National Geographic. La guerra podría explicar las diferencias de comportamiento entre chimpancés y bonobos, 2017.
  • Afánporsaber. La divergencia entre chimpancés y bonobos, 2018.