Coisas que o seu gato odeia

18 Agosto, 2020
Para fazer seu gatinho se sentir amado, recomendamos que você conheça melhor a linguagem corporal dos gatos. Em resumo, trata-se de evitar no dia a dia algumas coisas que o seu gato odeia.

Algo que todos os tutores sabem é que os nossos felinos são donos de uma personalidade única e com preferências bem definidas. Quando o gato odeia algo, ele provavelmente vai deixar isso bem claro através dos seus comportamentos cotidianos. 

Além de não ser fácil, também não é recomendável ignorar as atitudes do animal, pois elas geralmente dizem muito sobre a sua saúde e bem-estar. Por esse motivo, a seguir, vamos analisar as coisas que o seu gato odeia e o que você deve evitar na sua rotina para oferecer a ele uma ótima qualidade de vida.

6 coisas que o seu gato odeia e que você deve evitar no dia a dia

A seguir, você encontra alguns dos costumes e hábitos que devemos evitar para a maior felicidade do nosso amigo felino:

Má higiene

Os felinos são animais muito limpos que geralmente dedicam várias horas do dia à higiene pessoal. A higiene inadequada do ambiente é uma das coisas que o gato odeia e que pode prejudicar sua saúde seriamente. Por isso, preparamos algumas dicas básicas para proporcionar uma ótima higiene ao seu gatinho:

  • Diariamente, recolha as fezes e a urina da caixa de areia com a ajuda de uma pá. Para te ajudar nessa tarefa, recomendamos que você conheça as areias do tipo aglutinante.
  • Pelo menos uma vez por semana, higienize a caixa de areia do seu gato, utilizando sabão neutro e água morna. O uso de produtos corrosivos ou irritantes não é recomendado, pois podem causar alergias e afetar as mucosas do felino.
Coisas que o seu gato odeia

Cheiros cítricos

As fragrâncias cítricas podem ser muito agradáveis para nós. No entanto, frutas cítricas estão entre os alimentos que fazem mal para os gatos e o seu cheiro é extremamente repulsivo para eles.

Apesar de poderem reconhecer bem os sabores ácidos, esse tipo de alimento também não agrada aos felinos, portanto, geralmente têm uma rejeição natural a eles. Provavelmente, essa é uma capacidade adaptativa que o organismo do animal desenvolveu, uma vez que as frutas cítricas podem causar sérios problemas digestivos para eles, tais como diarreia e vômito.

Mudanças repentinas na rotina e no ambiente

Em geral, os animais costumam se apegar a uma rotina como uma forma de se proteger e evitar a exposição desnecessária a possíveis riscos ao seu bem-estar. Os gatos não são uma exceção, e a manutenção de hábitos no dia a dia é algo que eles apreciam fortemente para se sentirem seguros no ambiente.

Coisas que o seu gato odeia

Qualquer mudança repentina na rotina ou no ambiente do seu gato provavelmente vai afetar sua saúde e seu comportamento de forma negativa. Por esse motivo, lembre-se de que tanto pequenas alterações quanto mudanças de casa devem ser feitas gradualmente, respeitando os tempos de adaptação de cada animal.

Exposição desnecessária à água

A menos que o seu gato pertença a uma das raças que gosta de água, uma das coisas que o seu gato odeia é a exposição direta à água. Essa relação peculiar com a água é uma das características mais emblemáticas dos gatos.

Coisas que o seu gato odeia

Embora alguns animais possam se adaptar a tomar banho regularmente, o ideal é usar métodos de banho seco para limpar o seu gato. Nos pet shops, é possível encontrar espumas para dar banho seco em gatos, e você também pode usar soluções caseiras, como, por exemplo, o uso do bicarbonato de sódio.

Barulhos altos

Os gatos têm sentidos verdadeiramente privilegiados e sua audição é muito mais poderosa do que a nossa. Por isso, barulhos altos e estímulos violentos são uma das coisas que o seu gato odeia.

Um ambiente positivo é essencial para o desenvolvimento físico, cognitivo e emocional de todos os felinosIsso significa que é necessário proporcionar um lar positivo, onde o seu gato encontre as condições ideais para se sentir seguro e amado.

Demonstrações de afeto humanas demais

Os gatos mantêm uma linguagem própria, que não é regida pelos mesmos códigos que a nossaO comportamento social dos gatos não inclui demonstrações humanas de afeto, tais como beijos ou abraços. Por isso, esse tipo de atitude costuma ser desconfortável ​​para o seu gato, que provavelmente vai tentar escapar.

Felino que gosta de afeto físico

Sem dúvida, o seu felino não se se comporta dessa forma porque ele não te ama, e sim porque ele não entende a sua atitude como um sinal de afeto. Esse gesto faz com que ele se sinta aprisionado, já que não consegue se mover livremente.