Comida caseira ou comercial para cães?

07 Maio, 2020
Ambas têm seus prós e contras. Neste artigo, veremos em detalhes as diferenças entre os alimentos caseiros e comerciais para cães.

Quase todos os donos de cães já se fizeram a mesma pergunta em algum momento. O que será mais saudável para o meu animal de estimação? Se você precisar decidir entre comida caseira ou comercial para o seu cão, aqui estão algumas dicas.

Características da comida caseira

Antes do surgimento do que às vezes é chamado de “comida enlatada”, a alimentação caseira era a principal e única opção. No entanto, em muitos casos, sua qualidade não era ideal e os requisitos nutricionais básicos dos animais não eram atendidos.

Hoje, podemos alimentar nosso cão com comida caseira de boa qualidade. Nós apenas precisamos considerar o que o nosso cão precisa, e ninguém melhor do que o veterinário para nos ajudar.

Características da comida caseira

Se decidirmos pela comida caseira, a variedade de ingredientes disponíveis é grande: carne, algumas partes dos ossos, peixe, algumas frutas, além de legumes e quantidades moderadas de carboidratos. Com tudo isso, podemos preparar muitas receitas simples que vão satisfazer nutricionalmente nosso cão.

Uma das vantagens da comida caseira é que, ao prepará-la, usamos ingredientes frescos e temos consciência do que estamos oferecendo ao nosso cão. Por outro lado, é verdade que leva mais tempo para preparar do que a comida comercial. Se você não tiver muito tempo disponível diariamente, pode não ser a melhor opção.

E quanto à comida comercial?

Ao escolher entre a comida caseira ou comercial, a facilidade e o conforto da última funcionam a seu favor. Esse tipo de alimento pode ser encontrado em supermercados e lojas de produtos animais.

E quanto à comida comercial?

Por serem alimentos industriais, achamos que eles contêm tudo o que é necessário para que nosso cão cresça forte e saudável.

Mas é importante observar que nem todos os alimentos comerciais são totalmente saudáveis e é uma boa prática revisar o conteúdo nutricional do que estamos comprando. Dessa forma, garantiremos que vamos cobrir todas as necessidades nutricionais dos nossos bichinhos.

Assim como a comida caseira, a comercial tem pontos a seu favor: o conforto ao preparar e servir, o preço, etc. Mas, como dissemos, é importante que a comida seja de qualidade para evitar problemas futuros.

Então, o que eu escolho?

O mais importante é a saúde do seu cão. Como você viu, ambas têm vantagens e desvantagens, mas, independentemente do que você escolher, é vital que a comida do seu cão seja de qualidade.

Nesse sentido, e como já apontamos, seu veterinário de confiança poderá orientar e ajudar você a escolher o regime alimentar que melhor se adapte às características do seu amigo canino.

  • Finley, R., Ribble, C., Aramini, J., Vandermeer, M., Popa, M., Litman, M., & Reid-Smith, R. (2007). The risk of salmonellae shedding by dogs fed Salmonella-contaminated commercial raw food diets. The Canadian Veterinary Journal48(1), 69.
  • Strohmeyer, R. A., Morley, P. S., Hyatt, D. R., Dargatz, D. A., Scorza, A. V., & Lappin, M. R. (2006). Evaluation of bacterial and protozoal contamination of commercially available raw meat diets for dogs. Journal of the American Veterinary Medical Association228(4), 537-542.