Como alimentar um gato com câncer?

11 Março, 2020
Um gato com câncer pode ter falta de apetite e perda de peso: uma boa nutrição é essencial para evitar maiores problemas.
 

A alimentação é um fator muito importante para prevenir, tratar e aliviar doenças. Pode ser um aspecto importante que afeta positivamente a qualidade de vida de um gato com câncer ou qualquer outra doença grave. A seguir, falaremos especificamente a respeito de como alimentar um gato com câncer.

Por que é importante alimentar bem um gato com câncer?

É muito comum animais com câncer perderem peso devido aos efeitos fisiológicos da própria doença ou ao tratamento realizado para combatê-la. O animal pode perder, além de gordura, massa muscular.

Nem todos os tipos de câncer têm os mesmos sintomas: um gato com câncer pode ou não ter distúrbios nutricionais. Caso isso seja um sintoma, ele pode ser apresentado como:

  • Anorexia. A anorexia é uma falta anormal de apetite e, nos casos de câncer, pode ser intermitente e associada ao tratamento.
  • Caquexia. A caquexia é uma perda progressiva de peso, independentemente de o animal comer uma quantidade adequada de alimentos. Pode ser devido a uma alteração no seu metabolismo causada pela doença ou pelo tratamento do câncer.

Os vômitos e a anorexia são mais comuns em gatos do que em cães tratados com quimioterapia. Em muitos casos, o tratamento de um animal com câncer, principalmente em estágios avançados, não busca curá-lo, mas sim melhorar a qualidade de vida e aumentar o tempo de sobrevida.

Nestes casos, os alimentos desempenham um papel importante como forma de prevenir a desnutrição e a proliferação de novos tumores.

Gato comendo ração
 

Como alimentar um gato com câncer

Não devemos forçar o animal a comer, pois, com isso, podemos obter o efeito oposto: se o forçarmos, o animal pode criar aversão à comida, associando a hora da refeição a uma experiência ruim. Para alimentar um gato com câncer, podemos fazer outras coisas mais eficazes:

Estimule o apetite do animal

Para estimular o seu apetite, podemos oferecer alimentos mais saborosos. Os alimentos úmidos podem ser muito gostosos para os gatos e, além disso, têm uma textura e consistência diferentes da ração que podem ser suficientes para o animal se interessar pela comida.

Aquecer levemente a comida para que ela libere seu aroma também é uma maneira de estimular o apetite do animal.

Compre uma ração de qualidade

No mercado, podemos encontrar uma grande variedade de alimentos adaptados a doenças, idades e necessidades nutricionais especiais. Um gato com câncer precisa de uma dieta rica e equilibrada para manter sua condição corporal contra a progressão da doença; rações de melhor qualidade são sempre mais recomendadas.

Ofereça novos alimentos

A novidade pode chamar a atenção do gato, fazê-lo experimentar e comer a nova comida, mas você deve continuar mantendo uma dieta equilibrada. Os restos de alimentos das nossas próprias refeições não são uma opção.

Gato brincando com ovo
 

Distribua a comida em pequenas porções

Em vez de oferecer a ração completa uma vez ao dia e esperar o gato comer, você pode distribuir a comida em pequenas doses, várias vezes ao dia. Dessa forma, há uma chance maior de que o gato seja incentivado a comer mais de uma vez.

Adicione suplementos

Desde que não seja contraindicado em conjunto com o tratamento e o veterinário aprove, podemos adicionar suplementos nutricionais para garantir que o animal receba todos os nutrientes necessários.

Reduza as situações de estresse

O estresse afeta a saúde do gato de maneira muito negativa: os sintomas da doença, tomar o medicamento e ir às consultas no veterinário já são situações muito estressantes para o animal, portanto, você deve garantir que a sua casa seja um ambiente relaxante.

O enriquecimento ambiental reduz os níveis de estresse e pode ser usado para estimular o animal a comer usando brinquedos, jogos, prêmios, etc. É importante evitar a alimentação imediatamente após tomar o medicamento, para que o animal não o relacione negativamente com os alimentos, a menos que seja indicado pelo veterinário.

 
  • Axonveterinaria. Papel de la nutrición en el tratamiento del cáncer.
  • Ateuves. Particularidades de la alimentación del paciente con cáncer, 2017.