Como colocar ordem no galinheiro?

21 Dezembro, 2018
São as galinhas que estabelecem a hierarquia pelas lutas entre elas. Quando a mais forte ganha, todas a respeitarão e o macho não participará de nenhuma forma nesta batalha, exceto em casos de extrema necessidade.
 

Organizar um grupo de galinhas não é uma tarefa em que o homem tem muita participação. As próprias aves são responsáveis ​​por colocar ordem no galinheiro. Em questão de dias, as hierarquias são determinadas e tudo flui em seu curso natural.

Existem estudos que provam que as aves são animais altamente territoriais. Elas precisam delimitar o nível que cada uma ocupa na sociedadeCom base nessa classificação, elas são gerenciadas e interagem entre si.

Como elas determinam a hierarquia que gerencia a ordem no galinheiro

Se houver apenas galinhas no local, o poder será disputado por brigas: a mais forte ocupará o primeiro lugar na equipe. O tempo necessário para atingir esse objetivo no galinheiro depende do número de membros.

Durante o processo de disputas para assumir a liderança, as bicadas reinam no ambiente. E o macho não deve intervir; desde que não haja um ataque severo de várias galinhas a um único animal.

Uma vez que tenham a ordem hierárquica estabelecida, todos a respeitarão. As aves dominadas abaixam suas cabeças diante de seus pares dominantes, e não há desafios. As mais tímidas até fogem quando as mais fortes se aproximam do espaço.

Galinheiro
 

Se houver um galo no ambiente, ele tomará o poder naturalmente e sem resistência. O gênero é o que domina, e então as fêmeas manterão a ordem com suas próprias hierarquias.

Categorias de galos de acordo com hierarquias

  • Dominante hostil. Eles são os galos mais agressivos. Têm reações constantes de violência contra o resto de seus companheiros. Seu caminho para dominar é a luta.
  • Cordial dominante. Só intervém nas interações de outros animais nos momentos precisos. Eles são inteligentes e não se deixam levar por reações malucas.
  • Submisso hostil. São aqueles que estão na última posição de ordem no galinheiro; eles geram desconfiança e permanecem isolados porque são atacados por outros quando se aproximam.
  • Cordial submisso. Um passo acima do anterior, mas também deixado de lado. Eles também não inspiram confiança e têm um histórico de maus-tratos recebidos em todos os galinheiros.

Cada vez que um novo membro chega, as hierarquias são modificadas e devem encontrar seu lugar na ordem social estabelecida. De alguma forma, todo o processo de disputa começa novamente.

Contribuições do homem para manter a ordem no galinheiro

Uma pessoa não deve participar e interferir naquilo que define e delimita o espaço dessas aves. Mas é possível colaborar com outras ações para manter a ordem no galinheiro.

Galinheiro
 

  • Quantidade e condição dos bebedouros. É importante manter um número de bebedouros de acordo com o número de aves. O fato de que todos tenham acesso impedirá confusões.
  • Comedouros grandes. Tal como acontece com a água, os alimentos também devem estar acessíveis a todos. Se forem pequenos, podem gerar disputas sérias ou aves que nunca comem.
  • Coleta diária. Não deixe os ovos se acumularem no galinheiro, pois temos que mantê-los no lugar certo. Para que possam botar ovos, as galinhas precisam de tranquilidade.
  • Promova um bom repouso. Também é conveniente organizar a maneira como as galinhas dormem. Disponibilize vários poleiros para que elas possam descansar, distribua-os no espaço e em diferentes alturas.
  • Intervir no excesso. Quando há lutas por poder, às vezes você tem que separar um grupo dominado que sofre violência.
  • Amplitude do espaço. Prepare um galinheiro com um espaço amplo, em que os pássaros possam circular, procurar insetos sem ficar no caminho o tempo todo. Também influencia a amplitude do espaço, na hora de evitar muitas brigas pelo território que tanto desejam.

Conclusão

A ordem no galinheiro é estabelecida como um todo. O homem é responsável por oferecer um bom ambiente em que os animais possam viver.

Ou seja, a estrutura básica do espaço e o que está relacionado com o cuidado das aves, o tratamento dos cuidadores para com eles e seus produtos.

Mas a tranquilidade no lugar é resultado da forma como as galinhas interagem nesse ambiente. Seu gênero, sua personalidade, sua força ou fraqueza marcam a classificação; o respeito pela força é responsável pelo resto da convivência.

 

Quando tiramos uma galinha do seu lugar, devemos saber que haverá uma nova disputa. O mesmo ocorre quando outra ave é incorporada ao galinheiro. Paciência, atenção e tempo serão necessários para restaurar a ordem no galinheiro.