Como ter um cachorro bem-educado?

16 Abril, 2020
Um cão bem-educado é aquele que lida naturalmente com situações cotidianas, como passear, relacionar-se com outros cães e controlar a mordida.

A educação é muito importante para ter um animal feliz e equilibrado, com quem possamos viver pacificamente em casa. Uma boa comunicação entre o dono e o animal é essencial para ter um cachorro bem-educado.

Comunicação com o cachorro

Para educar um cachorro, precisamos nos comunicar com ele, entender o seu comportamento e nos fazer entender. Ao contrário dos lobos, após milhares de anos vivendo com seres humanos, os cães podem ler nossas expressões, o que é essencial para estabelecer um vínculo com o animal.

Observe seu animal de estimação, reconheça seu humor, quando ele está receptivo a aprender, se ele gosta de algo para chamar a sua atenção, de quais situações ele tem medo etc.

Comunicação telepática com um cachorro.

O período de socialização

O período de socialização é o estágio em que o filhote é mais receptivo a aprender, reconhecer e interagir com o ambiente. Ocorre entre a terceira e décima-segunda semanas de vida, aproximadamente. Nesse período, há um amadurecimento do sistema nervoso através de novas conexões neurológicas no cérebro.

Por esse motivo, é muito importante que, nesse período, o animal seja exposto ao maior número possível de estímulos (todos os tipos de pessoas, sons, outros cães) para evitar fobias futuras em sua vida adulta.

Controle da mordida em um cachorro bem-educado

Durante os primeiros três meses de vida, o cachorro precisa aprender a controlar a sua mordida. Na ninhada, a mãe e o resto dos filhotes ensinam como controlar a mordida através de brincadeiras. Nós podemos imitar isso.

Se você estiver brincando com o seu cachorro e ele começar a morder a sua mão, você pode parar de brincar, dizer “não” de forma tranquila, sem excitá-lo ainda mais, e tentar redirecionar a mordida para objetos como mordedores ou seus próprios brinquedos.

É importante dedicar algum tempo ao controle da mordida dos filhotes para evitar mordidas na fase adulta, quando elas podem causar danos consideráveis.

Onde um cachorro bem-educado deve fazer suas necessidades

O cachorro deve aprender a fazer suas necessidades no lugar certo. Para isso, você provavelmente vai precisar fazer caminhadas curtas e muito frequentes até que ele relacione a rua com as suas necessidades.

É melhor aproveitar os momentos após brincar, comer ou dormir, pois é quando o cão pode ter mais vontade de urinar ou evacuar. Toda vez que ele fizer suas necessidades na rua, você deve recompensá-lo por associar as duas situações.

Passear com o cachorro

Reforço positivo para ter um cachorro bem-educado

O melhor método para ter um cachorro bem-educado é o reforço positivo. Toda vez que o animal faz uma ação que queremos, temos de recompensá-lo, seja com comida, carinho ou brincadeiras.

Por meio de punições e gritos, só faremos com que o cão tenha medo e associe experiências ruins a qualquer situação cotidiana, como banho, escovação, relacionamento com outros cães, etc.

Além disso, é inútil brigar com um cachorro muito tempo depois dele ter feito algo errado. Ele não associará o castigo à ação.

Educação ou adestramento?

Educar e adestrar um cão são dois aspectos diferentes. Muitas vezes, o que acreditamos ser um problema de adestramento, como as mordidas, é um problema de educação.

O adestramento consiste em ensinar certas habilidades a um cachorro. Por exemplo, as ordens para ficar quieto, vir aqui, sentar e dar a pata são fundamentalmente relacionadas com a obediência.

No entanto, a educação inclui as práticas que ensinam um cão a lidar normalmente com todos os tipos de situações cotidianas. A caminhada diária, o relacionamento com outras pessoas, o horário da alimentação e as visitas ao veterinário estão nessa categoria.

Lembre-se de que um cachorro bem-educado não precisa necessariamente ter todas as habilidades ou saber fazer todos os truques que um cão adestrado conhece.

    • Etolia. Etología veterinaria. El periodo de socialización.
    • ATEUVES. El desarrollo del perro: periodo de socialización del cachorro.
    • Schwartz, C. El comportamiento del perro. L’Hospitalet, EditorialHispano Europea, 2005.
    • Habla con ellos – Educación y adiestramiento canino