Você conhece o morcego-pescador?

19 Maio, 2020
Os morcegos sempre nos surpreendem e muitas lendas foram criadas em torno deles. A literatura e o mundo do cinema foram responsáveis ​​por alimentar os mitos sobre esse animal. Existem também algumas espécies curiosas, como o chamado morcego-pescador.
 

O morcego-pescador é uma das menores espécies de morcegos reconhecidas atualmente. Seu nome é uma referência clara ao método que esse animal usa para capturar insetos e pequenos peixes na superfície da água. Neste artigo, convidamos você a conhecer as principais características do morcego-pescador, seu habitat e sua alimentação.

Características físicas e taxonomia do morcego-pescador

O morcego-pescador (Noctilio leporinus) é uma espécie de morcego pertencente à família Noctilonidae. Sabe-se que está relacionada ao morcego-buldoque (Noctilio albiventris) que tem o ventre branco e também é nativo das Américas.

Atualmente, são conhecidas três subespécies de morcego-pescador:

  • Noctilio leporinus leporinus
  • Noctilio leporinus mastivus
  • Noctilio leporinus rufescens

É uma espécie pequena e leve, que dificilmente excede 12 ou 13 centímetros de comprimento, com um peso corporal entre 40 e 70 gramas. Por outro lado, seu antebraço é relativamente largo e pode ter até 88 centímetros de comprimento.

A cabeça se destaca por apresentar lábios inchados, queixo com dobras transversais e bochechas contendo sacos de armazenamento de alimentos. As orelhas são estreitas, pontudas e bem separadas uma da outra.

O corpo do morcego-pescador é perfeitamente adaptado para “pescar” sua presa perto da superfície da água. Suas patas são muito mais longas que a maioria dos morcegos e possuem incrível força e flexibilidade.

As garras de suas patas traseiras, além de longas e curvas, apresentam notável compressão lateral. Esse formato permite que o morcego reduza significativamente a resistência à água, facilitando a captura de presas.

 
Morcego-pescador: alimentação

O corpo desse pequeno pescador é coberto por pelos curtos, que são alaranjados ou avermelhados nos machos, e acinzentados ou marrons nas fêmeas.

Ambos os sexos, masculino e feminino, têm uma barriga mais clara que as costas, enquanto a cauda e a membrana das asas são bege. Os pelos são um pouco mais abundantes e mais longos nos ombros e no pescoço.

Habitat e alimentação do morcego-pescador

O morcego-pescador é uma espécie nativa do continente americano. Sua população se estende do México ao norte da Argentina, incluindo toda a América Central e as Antilhas.

Esses mamíferos têm preferência por viver em áreas úmidas, com florestas abundantes ou em florestas tropicais. Esse animal é sempre encontrado perto de corpos de água, que podem ser salgados ou doces, uma vez que dependem deles para a alimentação.

É uma espécie carnívora que se alimenta principalmente de crustáceos, insetos e peixes pequenos. Embora possa consumir invertebrados e algumas frutas para complementar sua nutrição.

A curiosa técnica de “pesca” do morcego

Na prática, a característica mais marcante morcego-pescador é sua extraordinária técnica de “pesca”. À noite, voa de forma habilidosa perto de corpos d’água, enquanto usa seus sentidos poderosos para detectar a presença de possíveis presas perto da superfície.

 
Morcego-pescador: reprodução.

No entanto, seus sentidos não conseguem perceber com precisão os movimentos debaixo d’água. Portanto, eles precisam esperar que peixes ou outros animais marinhos façam pequenas ondas na superfície da água. Quando isso acontece, o morcego-pescador sabe que é a hora exata do seu ataque.

Quando chega o momento, ele avança rapidamente em direção à presa e usa suas longas patas traseiras com garras poderosas para pegá-la. Todas as três espécies conhecidas de morcegos-pescadores são anatomicamente adaptadas para realizar essa captura aquática.

Normalmente, o morcego captura rapidamente sua presa e a armazena em suas bolsas. Ao chegarem a um lugar seguro ou retornarem à sua “caverna”, eles completam a mastigação e engolem a presa para continuar a digestão normalmente.

Inicialmente, os pesquisadores acreditavam que esse método de “pesca” era usado apenas quando havia escassez de alimentos no continente. Contudo, observando o comportamento e os hábitos noturnos do morcego-pescador, foi possível identificar que é uma técnica de caça excelente que é usada diariamente.

Sociabilidade do morcego-pescador

 

O morcego-pescador é uma espécie geralmente sociável, que vive em pequenos grupos que descansam nos galhos altos das árvores. Eles dificilmente são encontrados em cavernas ou buracos que costumamos associar aos abrigos de morcegos.

No entanto, alguns indivíduos podem manter hábitos solitários. Durante a época reprodutiva, é fácil ver um morcego-pescador longe do grupo.