Os cuidados pós-operatórios com um cão

19 Maio, 2018
Ninguém questiona o fato de que os nossos bichos de estimação fazem parte de nossa família; qualquer coisa que acontece com eles nos enche de preocupação. Um dos momentos mais difíceis que podemos viver com nosso cão é o momento em que eles são submetidos a alguma cirurgia. Por isso, é importante que aprendamos um pouco sobre os cuidados pós-operatórios que devemos ter com um cão.

Quando nosso cão sofre uma intervenção cirúrgica, os cuidados que nós lhes daremos mais tarde vão ser fundamentais para sua recuperação. Não importa o tipo de operação; será o cuidado posterior que vai garantir o sucesso da recuperação dele.

Nós devemos levar em consideração que da mesma forma que esse processo é angustiante para nós, também é para eles. Entrar em uma dinâmica desconhecida, sair do cotidiano, juntamente com a dor e o desconforto, pode afetá-los muito. A chave, então, é tentar fazê-los se sentirem o mais confortáveis e confiantes possível.

Obviamente, a permanência do nosso cão na clínica vai depender da seriedade da intervenção. Cirurgias mais complicadas significam que o animal ficará por alguns dias sob os cuidados de especialistas.

Cachorro na veterinária

Quando o veterinário lhe der a alta, será o momento em que teremos que dispor dos conhecimentos necessários para atendê-lo em casa.

Conheça os cuidados pós-operatórios com um cão

  • A não ser que nos indique o contrário, não é bom dar comida a um cão depois de uma cirurgia. É preciso esperar, pelo menos, 24 horas para começar a alimentá-lo. Ele pode apresentar vômitos por causa da anestesia; é importante dar-lhe água com frequência e mantê-lo hidratado.
  • Tenha  à disposição um espaço confortável tanto para você quanto para o seu cão. Deve ser um lugar tranquilo, sem atividade constante, e onde você possa monitorá-lo com facilidade. Reserve um lugar próximo para que ele possa fazer suas necessidades e buscar sua comida.
  • Nosso bicho de estimação provavelmente vai perder o  apetite nos primeiros dias após a cirurgia. Para recuperar seu estômago gradualmente, vamos tentar dar-lhe caldos ou comida leve durante esse período. Você também pode procurar aqueles alimentos que foram prescritos pelo veterinário, especificamente para os períodos pós-operatórios.
  • Se o veterinário tiver prescrito remédios, ministre-os exatamente como ele prescreveu. Você também pode perguntar sobre a melhor maneira de dar a medicação ao animal; já sabemos como ficam inquietos nesses momentos.
  • A ferida da cirurgia deve ficar limpa e seca. Assim, vamos evitar que ela infeccione. Limpe com um antisséptico e uma gaze quantas vezes o veterinário indicar.
  • Devemos ficar atentos diante de qualquer alteração na ferida. Se notarmos pus, vermelhidão ou inchaço, avise ao veterinário imediatamente.
  • Se o veterinário indicar que a ferida deve ficar coberta por um curativo, devemos deixar os curativos limpos e secos. Além disso, é importante evitar que o cão as arranque.
cachorro no veterinário

Precauções para favorecer a cicatrização das feridas

  • Os cães tendem a lamber as próprias feridas. Um dos cuidados pós-operatórios mais importantes é evitar que o cão lamba ou morda a ferida. Para isso existe o colar elisabetano, que deve ser colocado pelo menos durante 15 dias, ou até que o veterinário diga que a ferida está completamente sarada.
  • Devemos ficar atentos quanto aos hábitos de evacuação do nosso cão. Se observarmos que ele passa muito tempo e não defeca ou urina normalmente, vai ser necessário entrar em contato com o especialista.
  • Evite exercícios físicos. Após a cirurgia, recomenda-se que o cão fique em estado de repouso. Nos primeiros dias, será normal que ele fique quieto, mas quando  se sentir melhor vai querer correr e brincar. É preciso evitar atividade física até que a ferida esteja cicatrizada; acima de tudo, procure impedi-lo de subir ou descer escadas.
  • Se há crianças em casa, você tem que explicar-lhes que não vão poder brincar com o cachorro por um tempo. É bom ensinar também para as crianças o básico sobre os cuidados que seu amigo peludo vai requerer nesse período.
  • Se houver vários bichos de estimação em casa, seria aconselhável mantê-los separados durante a recuperação. Uma briga ou uma simples brincadeira poderia afetar a ferida, e em qualquer caso aumentaria o tempo de recuperação do animal operado.

Lembre-se sempre de que o sucesso de uma cirurgia vai além do centro cirúrgico. Os cuidados que nós lhe oferecemos em casa vão garantir a total recuperação  de nosso bicho de estimação.