4 dicas para alimentar e vestir seu animal de estimação sem gastar muito

10 Agosto, 2020
A moda para os animais de estimação se tornou um tópico tão popular nos últimos tempos que o Dia Mundial de Vestir seu Animal de Estimação é comemorado em alguns países há uma década.

Vestir seu animal de estimação pode se tornar seu hobby favorito e pode ser muito divertido para ambas as partes. Principalmente se o seu animal de estimação adorar a atenção que recebe ao usar aquela adorável fantasia de caubói ou caminhar com os mais belos laços na cabeça.

No entanto, manter esse estilo de vida com seu animal de estimação ao longo do tempo pode ser avassalador e caro para o seu bolso. Obviamente, você não terá apenas o custo da roupa, pois, além disso, é preciso ter um orçamento para as vacinas e a alimentação do bichinho.

Aqui estão algumas dicas para economizar dinheiro, caso você decida ceder ao costume de vestir seu animal de estimação.

4 dicas para alimentar e vestir seu animal de estimação sem gastar muito

Pode ser muito tentador comprar roupas e outros acessórios para o seu animal de estimação, principalmente quando você vê como os outros ficam lindos. Considere-se com sorte se o seu animal de estimação pular de emoção ao ver você mostrar uma roupinha nova, porque nem todos os animais ficam satisfeitos com essa atividade.

Portanto, antes de entrar no mundo compulsivo de vestir seu animal de estimação com ternos, vestidos e roupas chamativas, verifique se ele não fica sob muito estresse.

1. Fique de olho no peso do animal

Não se trata apenas de economizar dinheiro para que você possa vesti-lo como quiser. Além disso, é necessário ter muita atenção com a alimentação do bichinho. O excesso de peso é quase uma epidemia no mundo dos animais de estimação, bem como no mundo humano. Cães e gatos gordos não são fofos, e geralmente são animais propensos a muitas doenças.

Essa condição pode custar muito dinheiro a médio e curto prazo. Diabetes, pressão alta, certas doenças nos rins e até alguns tipos de câncer são apenas algumas das doenças que você enfrentaria com um animal de estimação obeso.

4 dicas para alimentar e vestir seu animal de estimação sem gastar muito

A esse respeito, monitore a quantidade e a qualidade dos alimentos que você fornece. É vital não oferecer sobras da comida e garantir que o animal faça uma boa quantidade de exercícios diariamente. Com isso, você não apenas economizará dinheiro, mas também evitará preocupações desnecessárias.

2. Evite as compras compulsivas

É comum se sentir tentado a comprar alguns brinquedos novos para os animais de estimação, e o mesmo acontece com roupas e outros acessórios. No entanto, nossos bichinhos não precisam de uma roupa nova toda semana ou todo mês. É melhor que você tenha as coisas mais necessárias e que invista seu dinheiro em produtos de qualidade.

Talvez alguns produtos, alimentos e roupas possam parecer muito caros no começo, mas você deve pensar que será um investimento a longo prazo. Dessa forma, você não precisará gastar em um produto que não vai durar o suficiente.

Além disso, existem coisas que não são materiais e que vão deixar o seu animal de estimação mais feliz, como uma boa caminhada ao seu lado ou uma hora de brincadeiras.

3. Faça você mesmo

Desde os cuidados básicos com o seu animal de estimação – limpeza e higiene – até a confecção de brinquedos e fantasias para vestir seu bichinho, você vai conseguir economizar muito dinheiro. Embora possa parecer mais fácil pagar por esses serviços e roupas, você acabará gastando mais do que o esperado.

Fazer as roupas que seu animal de estimação vai vestir, bem como alguns brinquedos, não apenas ajuda a economizar dinheiro, como também permite que você expresse sua criatividade e seu amor por seu animal de estimação. Além disso, esse processo pode ser muito divertido.

Faça você mesmo

4. O conforto do seu animal de estimação é uma prioridade

Se você não tiver certeza de que o seu animal de estimação gosta das roupas que usa, procure outra atividade para mostrar seu amor. O conforto e a segurança dos nossos bichinhos devem ser a sua prioridade. Portanto, você deve estar ciente dos sinais de estresse nessa situação.

Para os cães:

  • Corre e se esconde?
  • Abaixa a cabeça, as orelhas ou coloca o rabo entre as patas?
  • Boceja quando você tenta vestir a fantasia?
  • Lambe você ou alguma coisa ao redor freneticamente?
  • Se você finalmente consegue colocar a roupa, ele gira ou tenta fazer algo para tirá-la?
  • O animal ofega muito?

Para os gatos:

  • Corre e se esconde?
  • Fica inerte e não coopera na hora de se vestir?
  • Arranha e morde você?
  • O animal se comporta como se não conseguisse andar ou anda estranho com as roupas?
  • A respiração fica mais rápida?
  • Mia freneticamente?

Esses são sinais comuns de animais de estimação que não se sentem confortáveis ​​ao usar roupas. Conheça esses sinais e evite a tortura de algo que obviamente o animal não está gostando. Se não for uma experiência agradável para eles, é melhor não forçá-los.

Vestir seu animal de estimação deve ser gratificante para ambos. As roupas devem permitir que o animal veja, ouça, respire, coma e se alivie confortavelmente. Além disso, as roupas também devem ser feitas de um material que impeça o superaquecimento do animal. Lembre-se de que a paz de espírito e o conforto do animal devem ser a prioridade.