10 dicas para reconhecer um roedor doente

13 Agosto, 2020
Para obter atendimento médico oportuno, você precisará reconhecer sinais de doença no seu animal de estimação.
 

Se você tem um hamster ou outro tipo de roedor, é normal se preocupar ao perceber que ele não está agindo de forma comum. Existem especialistas nesse tipo de animal de estimação, mas se você não encontrar um na sua cidade, a maioria dos veterinários tem conhecimento sobre o diagnóstico e o tratamento de doenças para esses animais. Leia mais para saber identificar um roedor doente.

Muitas doenças dos hamster e roedores podem ser tratadas clinicamente. Este artigo vai abordar os sintomas das doenças e condições médicas subjacentes mais comuns em hamsters e roedores domésticos.

Sinais gerais de um roedor doente

Os hamsters e roedores escondem sinais de uma doença em estágio inicial. Portanto, observe seu animal de estimação com frequência.

Como é um dia normal para ele? A que horas do dia ele come, bebe, faz exercícios e dorme? Quanta comida e água ele consome normalmente? Saber o que é normal vai te ajudar a determinar uma possível doença.

Aqui estão alguns sintomas gerais de que algo está errado:

1. Pelo áspero

Se o pelo macio do roedor parecer áspero ou se a pelagem normalmente plana estiver arrepiada, pode ser um sintoma de um animal doente. Contudo, também é um sinal de envelhecimento normal: os hamsters e outros roedores vivem de dois a três anos. Na presença de outros sinais, esse sintoma não deve ser ignorado.

2. Perda de apetite

Saiba quanto o seu roedor come em um dia. Dependendo do tipo de alimentação, é fácil calibrar. Limpe o prato de comida diariamente e, se o animal passar mais de um dia sem comer, provavelmente estará doente. Depois de chegar a essa conclusão, procure a ajuda de um veterinário.

 

3. A perda de peso pode indicar um roedor doente

Esse sintoma inespecífico pode acompanhar muitas doenças. Se você lida com seu animal de estimação regularmente, deve saber quando sua barriga ficou menor ou a coluna mais proeminente.

4. Letargia

Se você estiver familiarizado com a atividade regular do seu animal de estimação, por exemplo, quando ele usa a roda de exercícios, recolhe bolas de comida, entre outras atividades, saberá quando ele estiver letárgico.

Sinais gerais de um roedor doente

Sinais específicos de um roedor doente

Certas doenças estão associadas a sintomas específicos. Algumas dessas condições são tratáveis, mas a intervenção precoce oferece a melhor oportunidade para um bom resultado. Embora não seja uma lista exaustiva, esses sintomas estão associados a problemas médicos comuns:

5. Queda de pelo

Se o seu hamster ou roedor tiver uma fina camada de pelo, provavelmente existe um problema subjacente. Doenças hormonais ativas (disfunção adrenal), doenças infecciosas (micose) ou parasitas (ácaros) podem causar queda de pelo.

6. Uma cauda úmida pode indicar um roedor doente

Quando você perceber que a cauda normalmente seca do seu hamster está úmida, leve-o ao veterinário. A diarreia causada por enterite ou ileite não é incomum e pode levar a problemas mais graves se não for tratada. Uma diarreia não tratada pode fazer com que o reto ou o intestino vire do avesso, exigindo reparo cirúrgico.

 

7. Corrimento ocular e nasal

Os roedores geralmente têm o nariz seco. Um corrimento nasal ou nos olhos é sinal de uma infecção respiratória. Roedores e hamsters são propensos a desenvolver pneumonia e podem precisar de antibioticoterapia.

8. Uma respiração rápida pode indicar um roedor doente

Esses tipos de animais podem desenvolver doenças cardíacas, que se manifestam clinicamente como letargia e alterações na respiração.

9. Beber excessivamente

Doenças renais, hepáticas e adrenais podem causar esse sintoma. Certifique-se de trocar a água diariamente para descobrir quanto seu roedor está bebendo.

10. Inflamação

Se você notar inchaço em qualquer parte do corpo do animal, procure atenção veterinária. Abscessos são comuns em um roedor doente. O inchaço no abdômen provavelmente indica uma condição mais séria. O veterinário é o melhor profissional para ajudar a determinar a diferença e iniciar o tratamento, se possível.

Inflamação

Falsos sintomas de doenças

Os roedores têm características incomuns que são normais, mas podem ser mal interpretados ou confundidas com um roedor doente. Os seguintes sintomas devem ser avaliados em conjunto com o comportamento geral, pois as alterações podem indicar um problema mais sério.

 

Bochechas cheias de comida

Alguns roedores, principalmente os hamsters, gostam de colocar comida nas bolsas das bochechas. Por serem caçadores, eles recolhem os alimentos e os escondem para consumir mais tarde. No entanto, os sacos podem infeccionar. Portanto, se não forem esvaziados diariamente, uma avaliação veterinária deve ser realizada.

Testículos aumentados

Os hamsters machos geralmente têm testículos grandes, que podem se tornar mais proeminentes com a maturidade. Se o tamanho for uniforme e sem alteração de cor, isso pode ser normal. Se acompanhado de descoloração dos testículos ou dor ao ser manuseado, pode haver uma condição subjacente que precise de tratamento.

Algumas das condições comuns que afetam os roedores podem ser tratadas com sucesso se reconhecidas precocemente. Conhecer o comportamento normal do seu animal vai ajudar a determinar quando você está lidando com um roedor doente.

Passar um tempo com seu animal de estimação, fornecer alimentos e água frescos todos os dias e limpar a gaiola regularmente são as melhores recomendações para o reconhecimento precoce e o tratamento de problemas médicos.

 
  • https://squeaksandnibbles.com/sick-rodent/
  • https://pethelpful.com/rodents/Health