É bom transportar o seu cão numa bolsa?

01 Maio, 2018

Transportar o seu cão numa bolsa pode ser uma vantagem para os cães pequenos em algumas ocasiões, mas isso pode causar problemas de alergia. Além disso, um período de adaptação é necessário.

Quando queremos desfrutar de férias com os nossos animais de estimação, ou simplesmente levá-los para passear, devemos escolher a melhor maneira de transportá-los.

As caixas de transporte geralmente são muito resistentes, mas muitas vezes são pesadas ​​e desnecessárias ​​quando falamos de cães pequenos e leves. Nesses casos, transportar o seu cão numa bolsa pode ser mais confortável, mas seria esta uma opção segura?

É seguro transportar um cachorro numa bolsa?

Isso depende. Se você cumprir com os requisitos de transporte, respeitando os limites de peso e tamanho e escolher uma bolsa de boa qualidade, é perfeitamente seguro transportar o seu cão numa bolsa. Já do contrário, se você for negligente com a sua escolha, irá colocar em risco o bem-estar de seu animal de estimação e também o seu.

Portanto, é essencial para garantir que a bolsa seja adequada para o transporte de cães e que permita ao animal se mover e respirar confortavelmente. Nas lojas de animais de estimação, e em algumas clínicas veterinárias, estão disponíveis vários modelos fabricados especialmente para os nossos peludos.

Vantagens e desvantagens de transportar o seu cão numa bolsa

Sabemos que está muito na moda nas ruas das grandes cidades transportar pequenos cães em bolsas. Mas antes de nos deixar levar pela moda, é essencial saber se o que achamos “fashion” também é confortável para os nossos amigos peludos. Portanto, agora nós iremos analisar algumas vantagens e desvantagens dessa prática.

Vantagens de usar uma bolsa para transporte

As bolsas para cães costumam ser uma opção para proteger os nossos cães durante o inverno. Elas servem como um abrigo, impedindo que o nosso animal de estimação seja exposto ao clima durante suas caminhadas. Algo muito benéfico, principalmente para as raças mais vulneráveis ​​ao frio, como a Chihuahua, a Yorkshire e a Pinscher.

Além disso, os bolsas podem facilitar a entrada de um animal de estimação em ambientes públicos, como lojas e shopping centers, onde eles nem sempre podem caminhar, mesmo com coleira. Isso permitirá que o nosso peludo nos acompanhe e desfrute de várias atividades diárias conosco.

Desvantagens de transportar o seu cão numa bolsa

Em relação às desvantagens, devemos estar muito atentos às possíveis alergias dos nossos cães. Alguns animais são tão sensíveis que podem desenvolver reações alérgicas ou irritações na pele apenas com o contato de certos tecidos. Se o seu cão nunca realizou um teste de alergia, recomendamos consultar o seu veterinário de confiança.

Yorkshire terrier numa bolsa

Também, devemos ter muito claro que transportar o seu cão numa bolsa não substitui as caminhadas diárias. Animais de estimação precisam praticar exercícios físicos regularmente para manter uma boa saúde, combater o excesso de peso e as doenças associadas.

Além disso, a atividade física permite ao cão gastar energia e liberar tensão, evitando o aparecimento de sintomas relacionados ao estresse e ao tédio. Uma boa opção para evitar um estilo de vida sedentário é usar a bolsa apenas em algumas partes da caminhada, alternando com a caminhada em si.

Dicas básicas para adaptar o seu cão à sua nova bolsa

Antes de viajar ou caminhar com nosso cão em uma bolsa, ou mesmo em uma caixa de transporte, é essencial adaptá-lo a esse novo ambiente. Os cães, assim como nós, apegam-se a rotinas para garantir sua segurança e bem-estar.

Dona com cahorrinha Pinscher usando casaco

Se de repente mudarmos seu ambiente, seus hábitos e seu entorno, poderemos favorecer o aparecimento de problemas de saúde e distúrbios comportamentais.

  1. Respeite seu tempo de adaptação

Forçar um animal assustado a realizar alguma atividade contra sua vontade pode ser realmente perigoso.

Nosso animal de estimação pode adotar uma postura defensiva ao se sentir ameaçado ou inseguro e reagir através de comportamentos agressivos. Além disso, ao expormos o nosso amigo a situações de estresse, favorecemos o aparecimento de problemas de saúde.

Devemos nos lembrar de que a adaptação é um processo e que cada indivíduo o experimenta de uma maneira única. Para acostumar o seu peludo à sua nova bolsa ou caixa de transporte, é essencial ter paciência e respeitar seu próprio ritmo de reconhecimento e adaptação. Para ajudá-lo, podemos estimular sua curiosidade e recompensar suas atitudes positivas.

2. ‘Apresente’ o seu cão à sua nova bolsa

Antes de caminhar com o seu cão em uma bolsa, é essencial “apresentar” esse novo elemento à sua rotina diária. Para começar, devemos deixar a bolsa ao seu alcance e mantê-la sempre aberta. Também é importante incentivá-lo a explorar o interior da bolsa. Como? Deixe uma guloseima ou algum brinquedo de seu agrado bem no meio dela.

Ao perceber que o cão está calmo dentro da bolsa, podemos então começar a levá-lo para a rua e, assim, aumentar progressivamente a duração de suas caminhadas.