Emu: uma das maiores aves

24 Agosto, 2020
Após a postura dos ovos, o macho é o único responsável pela incubação.

O emu, conhecido cientificamente como Dromaius novaehollandiae, é a maior ave endêmica da Austrália. Do ponto de vista físico e comportamental, ele se assemelha ao avestruz, que é de origem africana e de maior tamanho.

A distribuição do emu compreende quase todo o território australiano, desde a costa leste até as regiões mais centrais, incluindo as altas montanhas nevadas. Sua população, em torno de 700.000 indivíduos, varia de acordo com as estações e esses animais podem percorrer cerca de 25 quilômetros ao dia.

Seu habitat preferencial são as florestas esclerófilas e de savana, sendo raramente encontrado em florestas tropicais. Costuma se situar próximo a uma fonte de água estagnada, um recurso que condiciona suas migrações.

Anteriormente, também vivia na Tasmânia e duas de suas variedades anãs estavam distribuídas na Ilha dos Cangurus e na Ilha King, porém todas estão extintas atualmente.

Morfologia e comportamento do emu

Essa ave pode atingir 1,9 metros de altura, embora seu tamanho médio seja de cerca de 1,75 metros e 40 kg. Apesar dessas dimensões, a posição dos dedos voltados para a frente, juntamente com as suas longas e musculosas patas, permitem que ele corra a uma velocidade de 13,4 metros por segundo. Em relação às asas, vestigiais e pouco funcionais, o animal consegue batê-las, mas não voar.

Emu

O emu adulto é coberto por uma plumagem marrom acinzentada, exceto pelas patas, cabeça e pescoço, cobertos por pele nua com um tom preto azulado. Essas cores podem variar de acordo com o ambiente, pois, além de proteger contra a luz solar, também contribuem para sua camuflagem.

A estação de procriação começa em dezembro, mês no qual o macho e a fêmea experimentam o cortejo, a construção do ninho e, por fim, a postura dos ovos. A princípio, é a fêmea que assume uma posição dominante, mas, no momento da incubação, o macho se torna territorial e agressivo, pois é ele quem fica responsável pelos ovos.

A eclosão ocorre após 50 dias e nascem filhotes de aproximadamente 500 gramas. Os recém-nascidos vão depender dos pais até os sete meses de idade. Posteriormente, eles deixarão o ninho para recomeçar o ciclo reprodutivo aos dois anos de vida.

A dieta do emu se baseia principalmente em frutas, sementes, brotos, insetos e, às vezes, pequenos animais e excrementos. Durante os períodos de fome, eles podem perder mais da metade da massa corporal sem adoecer, o que é uma vantagem durante os processos de incubação masculina.

Ameaças e estado de conservação

O dingo australiano é o predador do emu por excelência. Sua estratégia de ataque se baseia na distração do macho que está incubando para o subsequente ataque ao ninho. Diante disso, o emu fará uso de sua altura e poderosas patas, dando chutes que podem até mesmo matar seu oponente.

Além disso, os falcões também podem representar uma ameaça para os filhotes e emus jovens. Por outro lado, foram documentados casos de óbitos de emus por causa da presença de parasitas internos, dentre os quais se destacam os nematódeos pulmonares e cerebrais.

Emu

Em relação ao papel dessa ave nos ecossistemas, seus padrões migratórios contribuem para a dispersão das sementes. Algumas delas têm um revestimento protetor que as impedem de brotar a menos que sejam digeridas e excretadas.

No entanto, o emu também pode causar grandes estragos nas terras cultivadas, por isso as barreiras progressivas de mais de dois metros de altura.

Atualmente, a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) considera que o grau de ameaça em relação à sua conservação é ‘pouco preocupante’. Mesmo assim, é importante limitar o possível impacto antrópico sobre a espécie para evitar uma extinção futura, como a que já ocorreu na Tasmânia.

  • Birds in Backyards. Emu. (s.f). Recuperado de http://www.birdsinbackyards.net/species/Dromaius-novaehollandiae
  • Shorter, G. (2012). Animal Diversity Web. Dromaius novaehollandiae emu. Recuperado de https://animaldiversity.org/accounts/Dromaius_novaehollandiae/