Meu gato está babando: por que e o que fazer?

16 Julho, 2020
A salivação excessiva em gatos pode ser um sintoma de diversas condições médicas. Para tratá-la de forma adequada, os donos devem conhecer as doenças que podem fazer um gato salivar excessivamente.
 

Seu gato está babando, mas você não sabe o porquê. Afinal, diferentemente dos cães, os gatos geralmente não babam. De fato, a salivação excessiva em gatos é tão rara que muitos donos nunca têm a oportunidade de ver seus gatos babando.

Infelizmente, a salivação excessiva em gatos é um sinal inequívoco de problemas médicos muito mais sérios. Se seu gato estiver babando, você deve levá-lo ao veterinário imediatamente.

A salivação em gatos pode indicar doenças dentárias, envenenamento corrosivo ou envenenamento pelo consumo de plantas prejudiciais. A salivação também pode indicar problemas muito mais sérios, tais como insuficiência renal ou traumas após pancadas muito fortes.

Seu gato está babando por causa de doenças dentárias

Nos gatos, as lesões de reabsorção dentária são extremamente frequentes. De acordo com diversos estudos, até 75% dos gatos domésticos sofrem de reabsorção dentária ao longo da vida.

Os veterinários ainda não conseguiram determinar as causas por trás dessa patologia, mas eles sabem que ela sempre resulta em dor na cavidade oral e salivação excessiva.

A reabsorção dentária pode ocorrer de forma interna ou externa. Quando ocorre de forma interna, a doença corrói o dente do centro para fora.

Na reabsorção externa, a deterioração geralmente começa no ponto de junção entre a raiz e o esmalte. No entanto, essa área geralmente fica coberta pelas gengivas ou pelo tártaro dental, dificultando sua detecção.

Meu gato está babando
 

Em geral, a reabsorção dentária pode ser identificada como uma linha vermelha ao longo da gengiva do gato. Essa condição é muito dolorosa para o animal. Assim, seu corpo tem uma reação natural, produzindo salivação excessiva para aliviar a irritação.

Seu gato está babando por causa de uma insuficiência renal

Como muitos veterinários poderão confirmar, a insuficiência renal é a principal causa de morte em gatos domésticos. A insuficiência renal pode ser aguda ou crônica, e os sintomas incluem perda de peso, aumento da sede, aumento da quantidade de urina, urina diluída (por causa da quantidade de água ingerida), halitose (mau hálito) e salivação.

Se você notar esses sintomas no seu gato, deve levá-lo ao veterinário imediatamente. Como são animais pequenos com um metabolismo acelerado, os gatos ficam descompensados muito rapidamente.

O veterinário vai saber o que fazer e, em muitos casos, pode aplicar a hidratação intravenosa o mais rápido possível. Em geral, um gato com problemas renais deve ter uma menor ingestão de proteínas em sua dieta e seus parâmetros sanguíneos devem ser monitorados constantemente.

Envenenamento corrosivo

Sem dúvida, os produtos químicos encontrados em casa são prejudiciais para os nossos animais de estimação. Esses produtos químicos são, em sua grande maioria, detergentes e produtos de limpeza ou de jardinagem.

Diferentemente dos cães, o fígado dos gatos funciona através da glucuronidação. Por esse motivo, seus organismos não conseguem metabolizar os produtos químicos da mesma maneira.

 

Assim, embora muitos produtos químicos e detergentes causem vômitos e diarreia em cães, esses mesmos produtos químicos podem ser fatais para os gatos. Como não podem ser metabolizados, os produtos químicos corroem o corpo desses animais por dentro.

Meu gato está babando

Isso gera queimaduras graves na boca, no esôfago, no estômago e no intestino. Assim, se seu gato estiver babando sem motivo aparente, esse pode ser o primeiro sinal de um envenenamento acidental. Lave a boca dele com água e uma seringa sem agulha e, então, consulte o veterinário.

Além disso, certas plantas que contêm cristais insolúveis de oxalato de cálcio também podem causar queimaduras na boca dos gatos. Felizmente, esses cristais de oxalato nunca são fatais para os felinos, apenas muito desconfortáveis.

Assim como no envenenamento corrosivo, o primeiro sintoma da ingestão de cristais de oxalato é a salivação excessiva. Se seu gato estiver babando, você deve lavar a boca dele imediatamente, usando água em abundância. Lembre-se de usar uma seringa sem agulha para facilitar o processo.

Seu gato está babando por causa de um trauma

É recomendável que o seu gato permaneça dentro de casa por vários motivos, mas principalmente para minimizar o risco de traumas. Não estamos falando de um trauma psicológico, e sim físico.

 

Um gato pode sofrer traumas após ser atropelado por um carro ou atacado por um cachorro, entre muitas outras situações. Mesmo que o seu gato não pareça ferido, o corpo dele pode estar apenas reagindo à adrenalina.

Uma pancada nas mandíbulas ou uma fratura podem ser razões que levam um gato a babar em excesso. Se você estiver em dúvida, consulte o veterinário. Ele vai saber informar se serão necessários raios-x ou outros exames.

Assim, se você notar que seu gato está babando, você deve consultar o veterinário. Ao contrário dos cães, a salivação em gatos não é normal e não deve ser ignorada. Observe seu gato constantemente para evitar que os problemas piorem por falta de tratamento.

 
  • Castelló, P. (2016) Diagnóstico y tratamiento de la reabsorción dental felina. A propósito de un caso clínico. Clínica Veterinaria de Pequeños Animales. Volumen 36, Numero 2.
  • Noval Ramírez, Y. (2017). Toxicología en gatos domésticos (Felis Catus) (Trabajo final de pregrado)
  • Martinez, L., & Jose, M. (2019). Insuficiencia renal su concepto, clasificación, síntomas y repercusiones en el cuerpo de los animales domésticos. (Trabajo de pregrado, Medicina veterinaria y zootecnia)