Gato Siberiano

25 Janeiro, 2018
 

Maciço, grande e de abundante pelagem semilonga. Ágil, veloz e hábil caçador. Assim é o gato siberiano, um bichano sociável e carinhoso que conquistará você, além disso, possui grande inteligência. Contaremos a você mais detalhes sobre este animal que, a partir da fria Rússia, soube ir ganhando um lugar no mundo dos amantes dos felinos domésticos.

Um gato originário das florestas russas e ucranianas

Assim como o Maine Coon e o Norueguês da Florestao Siberiano faz parte dos chamados “gatos da floresta”. São essas as raças que possuem uma pelagem grossa e abundante e, além disso, impermeável. Esta condição os permitiu a sobrevivência nos frios climas de onde procedem.

o bichano do qual falaremos hoje, parece ter suas origens nas extensas regiões arborizadas da Rússia e da Ucrânia. Muitos consideram-no o fruto do cruzamento entre o gato europeu e o gato selvagem das florestas da Sibéria.

De qualquer forma, desde a época dos czares, há registros de que estes animaizinhos se ocupavam de manter livre de roedores as residências humanas desse imenso país.

Conheça o Siberiano, um bichano originário das florestas russas e ucranianas que, nos últimos tempos, soube chamar a atenção dos amantes de gatos em todo o mundo.

Algumas particularidades físicas do gato Siberiano

Entre as características físicas destes encantadores felinos, se destacam:

  • Tamanho: médio a grande.
  • Peso: machos, entre 6 e 10 quilos e as fêmeas entre 3,5 e 7 quilos.
 
  • Corpo compacto e maciço.
  • Patas musculosas, de longitude média e com extremidades arredondadas. E com tufos de pelos entre os dedos.
  • Cauda de tamanho médio, com abundante pelagem, ponta arredondada e mais larga na base.
  • Cores variadas, com exceção de chocolate, canela, lilás e fawn. O tipo variante da raça, o colorpoint, é também chamado de gato Neva Masquerade.
  • Cabeça larga, de tamanho médio e com contornos arredondados.
  • Olhos grandes e ligeiramente oblíquos, bem separados entre si.
  • Orelhas de pontas arredondas, inclinadas levemente para frente e com pelos bem desenvolvidos na parte interna.

 

Um destaque sobre a pelagem deste grande bichano, é o fato de que ela apresenta uma maior espessura de pelos tanto no ventre como na parte posterior das extremidades traseiras. O pelo é longo no pescoço, peito, patas traseiras e na cauda. É grosso e brilhante em seu lombo, flancos e parte superior da cauda. No entanto, no verão pode perder grande parte de sua pelagem, até parecer vir a parecer um gato de pelo curto.

Conheça a personalidade destes bichanos originários das florestas da Rússia

Apesar de ser tranquilo e afetuoso, o gato siberiano não pode ser considerado um animal submisso. E este detalhe costuma agradar as pessoas que admiram os felinos domésticos. Porque esta particularidade faz dele um gato comunicativo e que sabe se dar muito bem com as crianças e com outros animais de estimação.

Seu passado selvagem, nas frias regiões asiáticas, fez com que ele se tronasse muito ativo. Se possuir lugares para escalar, brinquedos para caçar e algumas saídas ao jardim, ele será, sem dúvida, um animal de estimação feliz.

 

Este amigável e brincalhão animal, além de tudo isso, é muito fiel com seus humanos. E, como bom gato, sabe como conseguir o que quer deles. Ele não gosta de ficar muito tempo sozinho. Portanto, leve em conta este detalhe se você pensa adotar um peludinho miador desta raça.

Um felino forte, saudável e hipoalergênico

Outra boa notícia sobre o gato Siberiano é que ele é um animal forte, que não apresenta grandes problemas de saúde. Isto se deve à seleção natural da raça através dos séculos.

Você deverá escovar seu pelo, para evitar que formem nós, principalmente na região da barriga.

E se quer somar ainda mais pontos para escolher um gato Siberiano como animal de estimação, atenção a este dado: ele é hipoalergênico. É que, apesar da densidade de sua pelagem, em sua saliva se encontram quantidades mínimas da proteína causadora de alergia.