Gravidez psicológica em cachorros: causas e tratamento

29 Dezembro, 2019
As mudanças hormonais após cada cio são as responsáveis pela gravidez psicológica nas cadelas; a razão pela qual essas mudanças hormonais ocorrem nas fêmeas não grávidas continua sendo um mistério.

A gravidez psicológica em cachorros, também conhecida como gravidez fantasma ou pseudociese, é uma condição mais comum do que pensamos. Ela se refere a uma demonstração do comportamento materno combinado com sinais físicos de gravidez logo depois do cio de uma cadela que não está prenha.

Uma gravidez falsa pode ocorrer independentemente de a fêmea ter ou não cruzado. A maioria das fêmeas mostrará alguns sinais de gravidez falsa depois de um ciclo de cio. Diante da suspeita de uma gravidez falsa, consulte o veterinário.

Sinais da gravidez psicológica em cachorros

Os sintomas da gravidez psicológica em cachorros começam de quatro a nove semanas após o último período de cio. Esses sinais imitam os sintomas da gravidez verdadeira. Os mais comuns incluem o aumento das glândulas mamárias, com ou sem produção de leite.

A letargia, os vômitos frequentes e a retenção de líquidos costumam aparecer nas fêmeas que sofrem dessa condição. Frequentemente, o apetite do animal diminui, mas raramente ele parece perder peso. Provavelmente isso se deve à quantidade excessiva de líquido que está retendo.

Gravidez psicológica em cachorros

Esses sintomas podem ocorrer em qualquer idade e não necessariamente acontecem depois de todos os cios. A gravidade dos sinais clínicos varia de acordo com cada caso, e eles podem ser diferentes entre um ciclo e outro da mesma cadela.

Algumas mudanças de comportamento da gravidez psicológica em cachorros incluem a nidificação, a atividade maternal e a inquietação. Igualmente, pode haver uma diminuição da atividade física e, às vezes, as cadelas podem ficar agressivas.

Em alguns casos, a fêmea afetada vai mostrar sinais de um trabalho de parto falso e, logo depois, vai proteger os brinquedos ou outros objetos pequenos. Isso se deve ao instinto maternal que ela desenvolve depois de seu falso parto. Como não há filhotes, ela vai se valer de qualquer objeto inanimado.

Causas da gravidez fantasma

Logo depois que a cadela tem um ciclo de cio, os seus ovários começam a produzir hormônios, independentemente de estar ou não prenha. Esses hormônios preparam o útero para receber os fetos e manter a gravidez.

Se a cadela estiver prenha, os hormônios continuarão sendo produzidos até pouco antes do nascimento dos filhotes. Se ela não estiver prenha, os níveis dos hormônios começam a diminuir depois de 4-6 semanas.

Nas primeiras etapas, o aumento dos níveis de hormônios circulantes provoca mudanças que imitam a gravidez. Ao passo que os níveis hormonais diminuem na fêmea que não está prenha, são enviados sinais ao corpo que estimulam o parto falso e o desenvolvimento das glândulas mamárias.

Como tratar a gravidez psicológica em cachorros

Os casos leves de gravidez falsa não requerem tratamento, já que os sintomas vão desaparecer em aproximadamente 20 dias. Se a cadela parecer fisicamente doente, ou se as mudanças de comportamento forem suficientemente graves para causar preocupação, é indicado o tratamento.

Cadela prenha da raça labrador

O tratamento é sintomático e pode incluir fazer com que a cadela fique tranquila para aliviar a ansiedade. Da mesma forma, serão recomendados diuréticos para reduzir a produção de leite ou aliviar a retenção de líquidos. Em raros casos, pode ser recomendado um tratamento hormonal.

Se a fêmea não vai ser utilizada para a reprodução, é recomendada uma ovariohisterectomia para que futuros episódios sejam prevenidos. Idealmente, essa esterilização cirúrgica deve ser realizada depois que todos os sintomas tenham passado.

Se a cadela for esterilizada cirurgicamente enquanto experimenta os sinais da pseudociese, os sintomas podem continuar durante várias semanas, apesar do fato de ela ter sido esterilizada.

Recomendações finais

Para reduzir as secreções da glândula mamária, o veterinário poderá aconselhar a aplicação de compressas frias ou quentes. Isso serve para minimizar o estímulo que promove a amamentação.

Um colar elizabetano (cone) também pode ajudar a prevenir o comportamento que pode estimular a amamentação. Em alguns animais, reduzir o consumo diário de certos alimentos pode ajudar a reduzir a produção de leite.

Também é benéfico distrair as cadelas com outras atividades e levá-las para passear com mais frequência do que de costume. É conveniente aproveitar os passeios para tirar da cadela os bonecos que ela tenha adotado.

Um punhado de salsinha fresca administrada com as refeições inibe os efeitos da progesterona. Se ocorrer mastite – inflamação das glândulas mamárias – é recomendável consultar o veterinário com o propósito de que ela seja tratada apropriadamente.

https://wagwalking.com/condition/false-pregnancy-in-female

http://tricountyah.com/pet-education/false-pregnancy-in-dogs.php