Hepatite infecciosa canina: sintomas e causas

11 Agosto, 2020
Essa doença viral altamente contagiosa ataca órgãos vitais do organismo do seu cachorro, tais como fígado, rins e baço, causando mal-estar e sofrimento.

A hepatite infecciosa canina é uma doença global que inclui desde casos muito leves até casos fatais. Não existe tratamento para essa doença viral, por isso, se o seu cachorro estiver infectado, é necessário tentar controlar a doença para permitir que o sistema imunológico do animal tenha tempo para se recuperar.

Cães jovens e filhotes correm maior risco, pois seu sistema imunológico ainda está em desenvolvimento. A melhor opção para o seu cachorro é vaciná-lo contra a doença. Existem excelentes vacinas disponíveis tanto para cães adultos quanto para filhotes. Para se proteger dessa condição, a prevenção é o melhor curso de ação.

Sintomas da hepatite infecciosa canina

Os sinais a serem observados estão incluídos na lista a seguir:

  • Perda do apetite. Se o seu cachorro que geralmente é esfomeado parar de comer de repente, esse é um sinal de grave mal-estar e de que algo está errado.
  • Cansaço e falta de energia, ou se o seu cachorro parecer deprimido ou abatido.
  • Secreção nos olhos ou no nariz, e tosse.
  • Vômitos frequentes. Anote a periodicidade e o momento em que começarem.
  • Inchaço ao redor da área da cabeça e do pescoço.
  • Olhos azulados e opacos.
  • O cachorro pode apresentar sede excessiva.
  • Dor intensa ao tocar ou pressionar o estômago do animal.

Tipos de hepatite infecciosa canina

Existem dois tipos ou variações do vírus que causa a hepatite infecciosa canina: 

  • O adenovírus tipo 1 é o vírus mais comum, que ataca o fígado e outros órgãos vitais do cachorro.
  • O adenovírus tipo 2 causa uma infecção contagiosa no sistema respiratório e provoca tosse.

Se o seu cachorro desenvolver uma forma mais séria da doença, a hospitalização será a única opção. A prevenção através da vacinação regular é o curso de ação mais inteligente e que está disponível para os dois tipos de vírus.

Hepatite infecciosa canina

Não existe cura conhecida para a doença, e a maioria dos cães se curam da hepatite infecciosa canina sem qualquer intervenção, pois o animal vai apresentar uma resposta imune e se recuperar. No entanto, pode ser uma doença muito agressiva e, às vezes, fatal.

Causas

A causa dessa doença é o vírus conhecido como adenovírus canino, que ataca o fígado, o baço e outros órgãos do corpo do seu animal de estimação. Representa um risco especialmente para cães jovens e filhotes, que têm sistemas imunológicos imaturos lutando para combater essa doença altamente infecciosa.

Embora seja encontrado no mundo todo, é raro em animais que foram vacinadosSe o seu cachorro teve essa doença e se recuperou, lembre-se de que ele ainda pode estar expelindo o vírus através da urina e outros fluidos (secreção nasal). Portanto, se você tiver outros cães, eles também poderão ser infectados.

Esse vírus é tão resistente que pode estar presente nos fluidos corporais do seu cachorro até nove meses após o tempo de recuperação. Manter a limpeza da área de dormir, dos comedouros e até mesmo das solas dos seus sapatos pode ajudar a impedir a propagação do vírus.

Diagnóstico

Se o seu cachorro apresentar algum dos sintomas acima, o melhor curso de ação é levá-lo ao veterinário para um exame detalhado. Às vezes, o especialista pode confirmar a doença apenas com um exame físico, mas, para ter certeza, ele vai sugerir um exame de sangue.

Tanto o exame físico quanto o de sangue não vão prejudicar o seu cachorro, embora ele vá gostar de ter você por perto apenas para ficar mais calmo. O veterinário vai procurar uma diminuição nos glóbulos brancos e outras evidências de doença hepática. Radiografias e exames de urina também podem ser feitos.

Hepatite infecciosa canina

O sistema imunológico do seu cachorro será ativado pela invasão do vírus, e isso vai aparecer nos exames de sangue. O veterinário poderá responder a todas as suas perguntas sobre a doença e explicar como você pode ajudar com o cuidado e a recuperação do seu cachorro.

Tratamento da hepatite infecciosa canina

Conforme explicamos anteriormente, não há tratamento para essa infecção viral. O cachorro apenas será ajudado durante o curso da doença até que a imunidade do seu corpo assuma o controle e a recuperação comece. Em casos graves, o veterinário vai hospitalizá-lo e poderá usar fluidos intravenosos para reduzir a desidratação.

Uma das preocupações com essa doença são as infecções secundárias. Uma vez que o sistema imunológico do seu cachorro estará ocupado combatendo o vírus, outras infecções virais podem entrar no seu organismo. Por isso, um tratamento com antibióticos pode ser sugerido a fim de protegê-lo.