Hierarquia e submissão no sistema social dos animais

01 Maio, 2020
No mundo animal, os privilégios são apenas para alguns, pois em muitas espécies existe um sistema de hierarquia e submissão que devem respeitar.
 

A maioria dos animais é caracterizada pelo seu comportamento social. Eles interagem com outros indivíduos da mesma espécie sob diretrizes de hierarquia e submissão que determinam a sua estrutura de ação dentro do grupo.

Dependendo da espécie e do tipo de vínculo compartilhado entre os diferentes membros, os seguintes grupos podem ser estabelecidos:

  • Agregações: conjunto de animais da mesma espécie ou de espécies diferentes que coincidem no mesmo habitat, sem qualquer vínculo social.
  • Grupos anônimos: agrupamento de indivíduos unidos por sua relação intraespecífica, mas que não se reconhecem individualmente. Esses grupos podem ser abertos ou fechados, dependendo de permitirem ou não que novos membros entrem na unidade.
  • Grupos hierárquicos: grupo de animais da mesma espécie nos quais é estabelecida uma estrutura organizada de acordo com as características físicas ou comportamentais dos seus membros. Cada um dos membros atuará em conformidade com essa disposição que é conhecida por todos. Dois fatores-chave se destacam nessas relações de hierarquia e submissão: domínio e liderança.

Dominância versus liderança em grupos sociais  

A dominância é o atributo que concede a um determinado animal o acesso a recursos alimentícios, sexuais ou territoriais com uma preferência sobre outros indivíduos. A condição de dominância está intimamente relacionada com espécie, idade, tamanho, sexo e agressividade.

A liderança dá a um indivíduo a capacidade de agir como líder do grupo ao contar com o reconhecimento dos seus membros. Geralmente, está ligada a qualidades físicas ou traços comportamentais e tem como objetivo o benefício comum de todos os membros.

 

Alguns exemplos de hierarquia e submissão no reino animal

Estrutura social dos elefantes

Diferentemente de outras espécies, os elefantes são caracterizados por se agruparem de acordo com o sexo.

Enquanto as fêmeas se destacam pela sua grande socialização ao interagir até mesmo com fêmeas de outras manadas, os machos – que inicialmente formam ‘grupos de solteiros’ – geralmente adotam uma atitude mais independente.

Nesses núcleos masculinos, geralmente há lutas pela dominação, por isso eles acabam se isolando até a época reprodutiva. 

Hierarquia e submissão no sistema social dos animais

Estrutura social dos lobos

Apesar da existência de indivíduos separados do grupo, conhecidos como lobos solitários, esses animais são caracterizados pela sua organização estipulada em alcateias.

Esses agrupamentos compreendem uma média de 8 a 15 indivíduos liderados por um par alfa, geralmente um macho e uma fêmea que atuam como guias do grupo.

No caso do macho, essa distinção é atribuída após a demonstração de habilidades superiores no campo da luta.

 

Às vezes, diferentes alcateias podem coincidir no mesmo território. No entanto, desde que não haja competição por presas, as alcateias geralmente agem de forma independente.

Estrutura social dos chimpanzés

É caracterizada pelo seu dinamismo, especialmente no caso dos machos que, durante grande parte de suas vidas, dedicam-se a ascender ou manter um certo status dentro do grupo.

Em todo bando de chimpanzés existe um macho alfa que, além dos privilégios em termos de alimentação e acasalamento, também possui uma série de obrigações em relação à proteção do território e como conciliador diante de brigas internas. 

Hierarquia e submissão no sistema social dos animais

Esse macho alfa geralmente está rodeado por outros machos, normalmente com vínculos hereditários, que contribuem para a manutenção das relações de hierarquia e submissão.

Por sua vez, as fêmeas geralmente também têm uma fêmea alfa na qual. Nesse caso, em vez de se destacar a força ou a agressividade, prevalece a capacidade de se relacionar com o grupo. De fato, o altruísmo e a criação de laços de amizade são alguns dos traços que definem o caráter social dos chimpanzés.

Apesar disso, essa espécie pode adotar comportamentos agressivos quando membros de comunidades diferentes competem entre si pelo mesmo território ou pela mesma fêmea. Eles podem até mesmo chegar a matar uns aos outros.

 
  • Hierarchy Structure. Animal Social Hierarchy. (s.f). Recuperado de https://www.hierarchystructure.com/animal-social-hierarchy/
  • Hierarchy Structure. Wolves Social Hierarchy. (s.f). Recuperado de https://www.hierarchystructure.com/wolves-social-hierarchy/
  • Universidad de Córdoba. Tema 13. Comportamiento social. (s.f). Recuperado de http://www.uco.es/organiza/departamentos/prod-animal/economia/aula/img/pictorex/06_07_04_TEMA_13.pdf