Infecções de ouvido: raças mais afetadas

06 Junho, 2018
 

A otite é uma inflamação do canal auditivo que pode ser bastante dolorosa para o cão e muito grave para sua saúde. O tamanho das orelhas do animal, entre outros fatores, pode torná-lo mais predisposto a desenvolver o problema. Portanto, é muito importante tratar a otite assim que ela aparece. É necessário levar em conta que existem raças de cães mais propensas a sofrerem infecções de ouvido do que outras.

A inflamação do canal auditivo em animais de estimação pode ser bastante dolorosa. Gostaria de saber mais sobre o assunto? Então, leia com atenção:

O que são infecções de ouvido?

O primeiro passo é sabermos o que é essa doença tão comum em cães. A otite é uma inflamação do ouvido, que pode afetar as diferentes estruturas do aparelho auditivo.

A otite externa é a mais comum e ocorre por causa de mudanças ambientais bruscas. A otite média surge como extensão da anterior e pode provocar a ruptura do tímpano se não for tratada a tempo. Por último, a otite interna compromete as estruturas internas do ouvido do cão.

As causas dessas infecções de ouvido são variadas e qualquer animal pode sofrer com elas. Porém, algumas raças são mais propensas a ter infecções do que outras por conta do tamanho de suas orelhas. Lembrando que o canal auditivo dos cães é vertical, o que contribui para o acúmulo de sujeira e umidade.

O aparecimento da otite em cães pode também ocorrer pelas seguintes razões: acúmulo de pelo, presença de fungos, parasitas, ácaros ou bactérias, alergia alimentar ou reação alérgica a algum medicamento.

 

Além disso, o animal pode sofrer infecções de ouvido por acúmulo de pele morta ou uma doença autoimune, como o hipertireoidismo. Além disso, a presença de algum corpo estranho, como terra ou pedaços de plantas, também pode causar infecções. No entanto, o principal motivo é o aumento da umidade após o banho, nadar no mar ou se molhar na chuva.

Veterinária examinando ouvido de cachorro

Entre os sintomas da otite, podemos destacar a vermelhidão ou inflamação do canal auditivo, mau cheiro e a presença de secreção amarela ou marrom. São também sintomas a presença de uma crosta na lateral das orelhas e mudanças comportamentais no animal, como coçar, balançar e esfregar a cabeça.

Raças de cães propensas a ter infecções de ouvido

A propensão que alguns cães têm a desenvolver otite tem a ver com a forma das orelhas, a presença de algumas doenças da pele e a quantidade de pelo ao redor do ouvidos. As raças de cães mais propensas a ter infecções de ouvido são:

1. Boxer, Setter irlandês, Shih-tzu e West highland terrier

Nesses casos, os cães sofrem de dermatite alérgica, uma condição na pele causada por infestações no espaço onde vivem, especialmente em casas onde proliferam ácaros. Picadas de pulgas também podem ser a causa do otite no animal.

 

2. Cocker spaniel, Springer spaniel inglês, Basset hound, Beagle e Bloodhound

Todas essas raças têm uma particularidade: suas orelhas são caídas. Essa característica aumenta as chances de terem otite. Isso se deve ao acúmulo de umidade, bactérias e ácaros no canal auditivo, pois o fluxo de ventilação fica obstruído.

É comum que esses cães cocem muito a cabeça, que seus ouvidos cheirem mal e que balancem as orelhas para os lados. Preste atenção, pois essa infecção em cães como o Cocker spaniel pode causar desorientação no animal.

3. Chow-chow

Essa raça canina tem um canal auditivo muito estreito, por isso é propensa a ter infecções. Geralmente, a doença aparece pelo acúmulo de cera ou pela ação de bactérias e parasitas. Para determinar qual o tipo de infecção, é preciso analisar a cor da secreção.

4. Pastor Alemão e Labrador Retriever

Nesses casos, a otite ocorre pela propensão ao aumento de tecido glandular nos ouvidos. Esse processo é semelhante ao que ocorre com o chow-chow, por seu canal auditivo ser pequeno.

Infecções de ouvido em cães

Ambas as raças possuem orelhas grandes. Isso piora o quadro clínico, pois acumulam sujeira.

 

5. Schnauzer e Poodle

Por fim, temos essas duas raças de cães que são propensas a ter infecções de ouvido devido ao acúmulo de pelo em seus canais auditivos. Esses cães possuem uma pelagem muito grossa por todo o corpo, então um corte adequado pode ser a melhor maneira de prevenir a otite. Além disso, após o banho, aconselha-se usar um secador e uma toalha para evitar o acúmulo de umidade nas orelhas.