Quais são as necessidades nutricionais dos cães?

29 Abril, 2020
Os avanços na nutrição animal fazem com que gradualmente possamos aprender mais sobre as necessidades nutricionais dos cães, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido.

A maioria dos animais de estimação depende dos seres humanos para obter alimentos. No passado, esses animais eram capazes de selecionar uma ampla variedade de alimentos para se alimentarem. No entanto, devido à domesticação, parece que essa qualidade foi perdida ou não é mantida. Por isso, é importante conhecer as necessidades nutricionais dos cães para que, dessa forma, eles tenham uma vida plena, longa e feliz.

Em geral, os cães precisam de um conjunto de nutrientes que começa com a água, essencial para a hidratação e o transporte do restante dos nutrientes. Além disso, também temos carboidratos, lipídios e proteínas, que são a base estrutural e metabólica.

Por fim, encontramos as vitaminas e minerais, essenciais para o bem-estar integral do animal. Todas essas substâncias permitem que o cachorro desempenhe as suas funções vitais.

A água como base para as necessidades nutricionais dos cães

as necessidades nutricionais dos cães

A água não é vital apenas para manter a hidratação. De fato, ver que um animal está hidratado também mostra que, dentro dele, as reações necessárias para sintetizar e degradar os nutrientes por meio da digestão podem ser realizadas. Por isso, a água é o terreno fértil perfeito para a vida.

É importante saber que as necessidades hídricas dos animais variam de acordo com a fase da vida, ou seja, se são filhotes, adultos ou idosos. Os seres vivos podem obter água bebendo-a diretamente, por meio dos alimentos ou a partir da água metabólica, que é gerada pelas reações químicas de oxidação típicas dos organismos.

A energia na nutrição

A densidade energética ou calórica é a quantidade de energia que podemos encontrar em uma unidade de alimento. Ela geralmente é expressa em calorias ou quilocalorias (Kcal). Cada tipo de alimento oferece uma quantidade de energia aos animais, de acordo com a sua composição:

  • 1 grama de gordura fornece 9,4 kcal
  • 1 grama de proteína, entre 5,3 e 5,8 kcal
  • 1 grama de carboidrato, entre 3,3 e 4,3 kcal

Para que o cachorro se mantenha saudável, é essencial evitar o desequilíbrio energético. Isso consiste em oferecer ao animal mais ou menos energia dependendo do que ele gasta em um dia. Se isso não for feito, o cachorro pode desenvolver obesidade ou desnutrição.

Carboidratos para os cães

Os carboidratos são compostos formados por carbono, hidrogênio e oxigênio. Os carboidratos podem ser classificados de diferentes maneiras. Por exemplo, se são facilmente absorvíveis, se são digeridos ou simplesmente passam pelo trato digestivo, se fermentam nos intestinos, etc.

Essas substâncias são essenciais para a manutenção do organismo e são armazenadas na forma de glicogênio. Assim, temos a glicose, essencial para o funcionamento do sistema nervoso.

As necessidades de carboidratos em cães não são conhecidas com exatidão, mas sabe-se que elas mudam de acordo com a idade ou o estado fisiológico.

No entanto, os cães têm vias metabólicas que sintetizam carboidratos, portanto, não é necessário que sejam obtidos por meio da dieta. Eles são animais carnívoros facultativos e, na natureza, obtêm carboidratos a partir do glicogênio armazenado por suas presas.

Um tipo de alimento muito rico em carboidratos são os cereais. Eles são adicionados à ração extrusada para animais de estimação a fim de cortar custos, uma vez que não são necessários para a dieta dos cães.

as necessidades nutricionais dos cães

Lipídios ou gorduras na nutrição canina

As gorduras fazem parte das necessidades nutricionais dos cães. Além de ser a principal reserva energética, elas possuem muitas funções estruturais e metabólicas no organismo:

  • Localizam-se ao redor das fibras nervosas para protegê-las.
  • colesterol, um tipo de lipídio, é o precursor de certos hormônios.
  • Constituem as lipoproteínas, que facilitam o movimento das gorduras no sangue.
  • São componentes estruturais das membranas celulares, na forma de fosfolipídios e glicolipídios.
  • Por estarem nas membranas, são responsáveis ​​pelo transporte de nutrientes para dentro ou para fora das células.

Com os lipídios, os cães obtêm ácidos graxos essenciais, tais como ômega 6 e ômega 3. As quantidades exatas desses nutrientes que devem existir na dieta dos cães ainda são desconhecidas. No entanto, a concentração de ômega 3 deve ser mais alta.

Necessidades nutricionais dos cães: proteínas

As proteínas são moléculas grandes cuja unidade básica é o aminoácido. As funções que essas substâncias desempenham no organismo são quase incontáveis, embora possam ser sintetizadas da seguinte maneira:

  • Fazem parte dos anticorpos
  • Dão origem a uma infinidade de hormônios
  • São uma parte fundamental dos músculos
  • O colágeno é composto por proteínas
  • No sangue, as proteínas transportam o oxigênio e o dióxido de carbono
  • São essenciais para a digestão e assimilação de nutrientes
  • Como enzimas, possuem propriedades catalíticas nas reações metabólicas
  • Fazem parte do cabelo, das unhas, dos tendões, dos ligamentos e das cartilagens

O grau em que um cachorro pode digerir e assimilar as proteínas incluídas na sua dieta depende principalmente de seu valor biológico. Portanto, uma ração pode ser muito rica em proteínas, mas talvez o cachorro não consiga absorver nenhuma.

as necessidades nutricionais dos cães

Vitaminas e minerais

As vitaminas são substâncias necessárias em quantidades mínimas, mas, se faltarem ou sobrarem, podem causar danos ao organismo. Isso ocorre porque elas têm funções estruturais ou metabólicas muito específicas.

Existem vitaminas lipossolúveis que são assimiladas e armazenadas principalmente no fígado. São as vitaminas dos grupos A, D, E e K. Por outro lado, existem vitaminas solúveis em água. Elas são rapidamente absorvidas e excretadas através da urina. É o caso das vitaminas dos grupos B e C.

Por fim, temos os minerais ou sais minerais. Alguns elementos inorgânicos essenciais nas necessidades nutricionais dos cães são: cálcio, fósforo, magnésio, enxofre, ferro, cobre, zinco, manganês, iodo, selênio, cobalto, sódio, potássio e fósforo.

  • Freeman, L., Becvarova, I., Cave, N., Mac-Kay, C., Nguyen, P., Rama, B., & Yathiraj, S. (2011). Guía para la evaluación Nutricional. Clínica veterinaria de pequeños animales: revista oficial de AVEPA, Asociación Veterinaria Española de Especialistas en Pequeños Animales, 31(2).
  • Hirakawa, C., & Daristotle, C. (2001). Nutrición Canina y Felina.
  • Risso, A. L. (2016). Conceptos Básicos de Nutrición en perros y gatos.