As nove coisas favoritas do seu gato que você não conhecia

11 Outubro, 2020
É frustrante comprar brinquedos caros para o seu gato e ele preferir brincar com uma caixa de papelão? Vamos te ajudar com essa pequena lista das possíveis coisas favoritas do seu gato.

Você conseguiu descobrir quais são as coisas favoritas do seu gato? Uma vez que esses felinos são criaturas inteligentes e sensíveis, eles geralmente têm uma longa lista de gostos e aversões. Seus donos, após longos períodos de observação atenta, podem chegar a desvendar algumas de suas excentricidades.

É bom ter em mente que as coisas que os gatos consideram interessantes, divertidas ou emocionantes podem mudar ao longo de suas vidas. Assim, seu gato pode adorar o brinquedo de penas em um dia, mas achá-lo chato no dia seguinte.

Seu trabalho como tutor é reconhecer quando os interesses do animal mudam, para que você possa mantê-lo saudável e feliz. Embora os gostos possam variar de um gato para o outro, essas dicas que vamos listar são ótimas para começar.

1. Empurrar as coisas para fora das mesas e vê-las se quebrando

O seu gato adora derrubar as coisas das suas prateleiras? É muito frustrante dar a ele diversos brinquedos, apenas para vê-lo derrubando os objetos do balcão e quebrando coisas diariamente. Você certamente deve estar se perguntando: por que os gatos sentem a necessidade de fazer isso?

Na verdade, toda vez que o seu gato empurra um objeto até que ele caia, a consequência é diferente. Talvez ele ache divertido ver seus pertences quicando em diferentes direções cada vez que caem ou se quebrando em vários pedaços.

As nove coisas favoritas do seu gato que você não conhecia

2. Entrar em caixas e pular para fora delas

Por que alguns gatos são obcecados por caixas? Esses felinos são criaturas que buscam o conforto e, às vezes, estar em uma caixa apertada pode ser confortável para eles. Outras vezes, estar em uma caixa faz com que alguns gatos se sintam seguros, como se estivessem protegidos por todos os lados.

As caixas também são divertidas para que possam se esconder, pular e surpreender as pessoas e os outros animais de estimação da casa. É possível pensar que os gatos se divertem secretamente com a expressão de surpresa ou terror no nosso rosto ou com as reações dos seus colegas de quarto quando nos surpreendem. Assim como algumas pessoas gostam de pregar peças, essa pode ser sua maneira de brincar conosco.

3. Perseguir cabos elétricos

Alguns gatos são fascinados por cabos elétricos. Eles podem rodear os cabos, ficar interessados nas etiquetas presas a eles e até mesmo agarrá-los e tentar mastigá-los.

Talvez os gatos que fazem isso possam ter aprendido que brincar com os cabos é uma boa maneira de chamar a atenção do dono. Também pode ser que interagir com esses elementos seja divertido porque eles se movem de maneiras diferentes e inesperadas, o que desperta seu interesse.

4. Esfregar a cabeça dele em você

Esse ato é uma maneira que seu gato tem de criar um momento de conexão com você. E, sem dúvida, não há nada mais terno para um ser humano do que quando um animal de estimação encosta a cabeça na sua.

Seu gato age dessa forma na tentativa de espalhar feromônios faciais e mostrar o quanto ele confia em você. É a sua forma de dizer adeus ou que se sentem seguros ao seu lado.

5. Que você coce o bumbum dele

Alguma vez o seu gato já caminhou até você e se virou mostrando o rabo? A área logo acima da cauda, ​​que chamaríamos de “bumbum”, é uma área onde o gato não consegue usar as patas para se coçar e, às vezes, usar a língua para se aliviar não é o suficiente.

Alguns gatos aprenderam a recuar contra uma mão pendente quando querem ser acariciados. Os gatos podem demonstrar prazer ronronando, abanando o rabo e, às vezes, arqueando-se contra a mão ou o pé do dono.

6. Cheirar seu rosto, uma das coisas favoritas do seu gato

Os gatos são naturalmente curiosos. Adoram cheirar tudo, principalmente os objetos de seu afeto, nesse caso, seu rosto. Não há uma explicação transcendental para isso, simplesmente por meio do cheiro eles podem te conhecer e reconhecer. Se o seu gato quiser cheirar o seu rosto, deixe-o fazer isso. É um comportamento positivo em relação a você.

As nove coisas favoritas do seu gato que você não conhecia

7. Amassar com as patas

Talvez todos os gatos tenham sido padeiros em uma vida passada. De qualquer forma, é muito comum vê-los se mexendo como se estivessem amassando coisasDe acordo com especialistas e sem nos aprofundar na questão, esse comportamento significa que eles estão felizes.

Isso faz com que se lembrem de quando eram bebês e amassavam as glândulas maternas para obter o leite da mãe. Geralmente, é acompanhado por um ronronar alto ou miados.

8. Lutar com seus pés

Esse é o tipo de ataque com o qual você não deve se preocupar. Quando o seu gato tenta lutar com seus pés, é porque quer brincar com você.

Eles são atraídos pelo movimento dos seus membros, e isso faz deles uma das coisas favoritas do seu gato. Além disso, pular e atacá-los de volta é outra coisa estranha que eles amam, pois para eles isso é muito divertido.

9. Espionagem

A espionagem é um comportamento único e às vezes desconcertante no qual os gatos se destacamSe você alguma vez já acordou no meio da noite e o encontrou deu gato olhando para você, ou se acha que está sozinho em um cômodo e percebe que o felino ‘assustador’ está atrás de você, você sabe que isso é verdade.

Eles adoram vigiar! E podem ficar olhando pela janela durante várias horas, observando as idas e vindas dos outros. De fato, os gatos são conhecidos por espiar através das persianas ou cortinas para ter uma visão melhor.

Essas são apenas algumas das coisas favoritas do seu gato que trazem amor, humor e encanto para o seu mundo.

  • Turner, D. C., Bateson, P., & Bateson, P. P. G. (Eds.). (2000). The domestic cat: the biology of its behaviour. Cambridge University Press.
  • Crowell-Davis, S. L. (2007). Cat behaviour: social organization, communication, and development. In The welfare of cats (pp. 1-22). Springer, Dordrecht.
  • Mariotti, V. M., Amat Grau, M., Hervera Abad, M., Baucells Sánchez, M. D., & Manteca Vilanova, X. (2009). Factores ambientales implicados en el control de la conducta del perro y del gato: dieta, manejo y ejercicio. Clínica veterinaria de pequeños animales: revista oficial de AVEPA, Asociación Veterinaria Española de Especialistas en Pequeños Animales, 29(4), 0209-215.
  • Wells, D.L., 2009. Sensory stimulation as environmental enrichment for captive animals: A review. Applied Animal Behaviour Science 118, 1–11.