Existem parasitas unicelulares?

06 Abril, 2020
Os parasitas unicelulares são uma das principais dores de cabeça da medicina veterinária. Neste artigo, mostramos algumas das espécies mais comuns.
 

O conceito de parasita costuma ser associado a pulgas, piolhos ou carrapatos, mas a verdade é que há parasitas ainda menores. Nesse contexto, existem parasitas unicelulares? Sim, e eles são muito mais comuns do que você imagina.

O reino protista, parasitas unicelulares por excelência

Os protozoários são organismos microscópicos compostos por uma única célula que costumam ficar hospedados em organismos superiores, exercendo uma atividade parasitária. Nos animais domésticos, os protozoários mencionados abaixo são relativamente comuns.

Leishmania

É o parasita unicelular que causa a leishmaniose. A transmissão da doença ocorre por vetores — flebotomíneos ou mosquitos hematófagos — e afeta mamíferos e répteis, principalmente. Esses mosquitos ingerem o protozoário ao picarem um animal infectado e o transmite a outros animais, até então saudáveis, ao se alimentar novamente.

Leishmania é um dos parasitas unicelulares
Fonte: Gardiner C, Fayer R, Dubey J. An atlas of protozoan parasites in animal tissues. Washington: Departamento de Agricultura dos Estados Unidos; 1988.

Existem diferentes tipos de leishmaniose: alguns afetam a pele e as membranas mucosas e outros afetam as vísceras. Na forma visceral, o baço aumenta de tamanho, o que pode ajudar no diagnóstico.

Trypanosoma

Trypanosoma brucei e T. cruzi são os parasitas que causam a doença do sono e a doença de Chagas. Elas são transmitidas pela mosca tsé-tsé e pelo inseto barbeiro. Esses insetos ingerem as larvas do protozoário ao se alimentarem de um animal infectado e transmitem a doença para o próximo hospedeiro.

 

A larva entra no novo organismo através de pequenas feridas na pele e passa para o sangue, até se depositar no músculo cardíaco.

Tripanosoma é um dos parasitas unicelulares
Fonte: Gardiner C, Fayer R, Dubey J. An atlas of protozoan parasites in animal tissues. Washington: Departamento de Agricultura dos Estados Unidos; 1988.

Há também o Trypanosoma evansi, que causa uma doença chamada “mal das cadeiras” em cavalos, camelos, bois e búfalos. Essa doença provoca edemas generalizados e perda de peso extrema.

Giardia e tricomonas, parasitas unicelulares flagelados

A maioria desses protozoários vivem como parte da flora intestinal dos animais. Alguns também são encontrados de forma não patológica no trato urogenital de peixes, ou em suas guelras, geralmente em forma cística.

Contágio da giardíase
Fonte: National Institutes of Health

No entanto, às vezes eles agem como parasitas. É o caso da giárdia, o protozoário flagelado mais comum em mamíferos e aves, que se aloja em suas células da parede intestinal. Além disso, há o Trichomonas, outro flagelado comum em animais de estimação.

 

Histomonas

O Histomonas meleagridis afeta principalmente as aves. É o parasita unicelular que faz com que ocorra a histomoníase. A transmissão se dá por via oral, através do contato com as fezes de uma ave infectada.

Histomonas são parasitas unicelulares
Fonte: Gardiner C, Fayer R, Dubey J. An atlas of protozoan parasites in animal tissues. Washington: Departamento de Agricultura dos Estados Unidos; 1988.

Nos intestinos das aves, a fase larval do protozoário é liberada e invade as células da parede intestinal, podendo chegar até ao fígado.

Amebas

As amebas são protozoários que podem viver livremente ou de forma parasitária. No segundo caso, destaca-se a entamoeba, que é causadora da amebíase. A transmissão é oral direta ou através do contato com as fezes do indivíduo infectado. Nessas fezes estão as formas resistentes — cistos — que, quando ingeridos, são liberados no intestino e podem até chegar a órgãos próximos.

As amebas são parasitas unicelulares
Fonte: https://www.sciencedirect.com/

A Entamoeba histolytica é encontrada em cães, gatos e seres humanos, enquanto a E. invadans ocorre em répteis.

 

Mixozoários

São parasitas unicelulares que foram encontrados em diversos animais de sangue frio, mas seu ciclo biológico ainda é bastante desconhecido. Sabe-se, no entanto, que são ingeridos com comida ou água potável. Então, quando atingem o estômago, passam a parede para chegar à corrente sanguínea e, a partir daí, colonizam outros tecidos.

Mixozoários
Fonte: Gardiner C, Fayer R, Dubey J. An atlas of protozoan parasites in animal tissues. Washington: Departamento de Agricultura dos Estados Unidos; 1988.

Eles causam doenças graves em peixes e afetam as populações que vivem da pesca.

Parasitas unicelulares ciliados

Inúmeras espécies de ciliados estão localizadas no trato digestivo de animais domésticos, a maioria ingerida com comida ou água potável. Uma vez dentro do corpo, eles são liberados no intestino e ali se multiplicam até serem liberados nas fezes.

Ciliados
Fonte: http://www.biologydiscussion.com

Uma das espécies mais comuns é a Balantidium coli, detectada em porcos, roedores e primatas.

 
  • Protozoo [Internet]. Es.wikipedia.org. 2019 [cited 17 September 2019]. Available from: https://es.wikipedia.org/wiki/Protozoo
  • Gardiner C, Fayer R, Dubey J. An atlas of protozoan parasites in animal tissues. Washington: United States Department of Agriculture; 1988.