Seis parentes exóticos das galinhas

13 Novembro, 2020
Às vezes, os animais de estimação que todos conhecemos têm parentes vivos muito exóticos. É o caso das galinhas, que compartilham uma história com inúmeras espécies espalhadas por vários continentes.

As aves galliformes, também conhecidas como galináceas, são uma família que possui mais de 280 espécies. As galinhas domésticas, do gênero Gallus, pertencem a esse grupo. É por isso que o nome do grupo significa “em forma de galo”. Nele podemos encontrar vários de seus parentes mais conhecidos, como os perdizes ou os perus. Mas e os parentes exóticos das galinhas?

Apesar de serem espécies menos conhecidas do que as mencionadas, esses parentes exóticos compartilham muitas características com as galinhas. Por exemplo, eles tendem a voar mal, limitando seu voo a curtas distâncias e baixas altitudes. Isso acontece porque eles têm um corpo pesado e asas curtas, com raras exceções.

Seis parentes exóticos das galinhas

A seguir, vamos falar sobre alguns dos parentes exóticos das conhecidas galinhas domésticas.

O tetraz-de-colar

Bonasa umbellus é uma ave galiforme endêmica da América do Norte. Vive do Alasca à ilha da Terra Nova. Ao contrário de muitos dos seus parentes, incluindo as galinhas, é monogâmico.

O macho acasala com uma única fêmea, que ele atrai com o forte bater das suas asas, que se propaga pela floresta. Conforme ela se aproxima, o macho levanta as plumas pretas que adornam seu pescoço e as penas da cauda e se estica diante dela.

Tetraz-cauda-de-faisão

O Centrocercus urophasianus é um dos parentes exóticos das maiores galinhas de toda a América do Norte.

Durante a exibição nupcial, sua cauda permanece ereta em forma de leque dentado. Ao mesmo tempo, ele incha uma bolsa no seu pescoço, expondo duas bolsas de ar laranja. Essas bolsas são tão grandes que sua cabeça quase desaparece na massa de carne e penas.

Mais um dos parentes exóticos das galinhas: o galo-lira

O Lyrurus tetrix é uma ave sedentária, polígama e sociável durante todo o ano, um símbolo dos Alpes europeus. Vive à beira das charnecas, coberto por vegetação rasteira abundante e áspera. O macho também é polígamo e estabelece áreas especiais para as suas exibições de namoro.

Essas exposições consistem em danças coletivas que reúnem vários machos, que se dedicam a abaixar repetidamente suas cabeças enquanto abanam suas caudas, pulando e se envolvendo em lutas rituais. A performance frenética é acompanhada por cacarejos, chiados e outros sons. Assim, a fêmea é atraída ao recinto de exposições para escolher um parceiro.

O jacu-cigano

O Opisthocomus hoazin é uma ave de aparência estranha da família OpisthocomidaeVive nas áreas tropicais das regiões pantanosas que circundam os rios Amazonas e Orinoco, na América do Sul. Nas margens desses rios, alimenta-se de plantas aquáticas.

É frequentemente associado a pássaros que foram extintos há milhões de anos por exibirem características próprias e até mesmo de répteis.

Suas patas são fortes, mas não o suficiente para sustentá-lo equilibrado em um galho, por isso ele também precisa repousar sobre o esterno, que, para isso, é coberto por calosidades.

Seu sistema digestivo também é muito peculiar. Embora tenha moelas, é rudimentar. No entanto, seu papo é altamente desenvolvido, grande e possui um forro córneo que permite a trituração de alimentos. Ou seja, faz o que a moela faria em qualquer outro pássaro. Esse enorme papo ocupa um espaço considerável no peito do jacu-cigano, sendo capaz de desequilibrá-lo após uma refeição pesada.

A galinha-d’angola é um dos parentes exóticos das galinhas?

Numida meleagris é conhecida na avicultura como pintada ou pintada vulturina. Este último nome se deve à sua semelhança com os abutres (do gênero Vultur) pelo fato da sua cabeça e pescoço serem desprovidos de penas, exceto por um pequeno colarinho de cor mais marcante, que se destaca do resto da plumagem. De resto, oferece uma aparência estranha com um peito de longas penas e várias cores.

A galinha-d’angola não voa bem, mas tem destreza como corredora.

Por fim, uma relíquia da era do gelo: o tetraz-grande

O Tetrao urogallus é o maior de todos os galos selvagens. Pode pesar até sete quilos, e as suas asas chegam a um metro e meio de envergadura. Ele habita toda a Europa, da península escandinava ao Lago Baikal na Sibéria.

Na Península Ibérica, no entanto, existem apenas núcleos isolados e com pouca população nas altas montanhas. Por esse motivo, na Espanha, desde 1979, sua caça está proibida, e desde 1986 essa espécies está classificada como protegida.

Durante o cio, seu grito rouco ressoa de tal maneira que parece um mugido e funciona como um desafio para os outros machos. Nos encontros, eles lutam ferozmente, negligenciando seus esconderijos, mas no resto do tempo, permanecem abrigados nas densas florestas de coníferas, à beira de altos penhascos.

Sua parada nupcial é espetacular. O macho se empoleira bem alto e faz a sua chamada estridente. Então, começa a pantomima: ele levanta a cabeça, abre a cauda verticalmente, abaixa as asas e inflama as penas do pescoço. Em seguida, dá alguns passos alternando com grandes saltos.

Como podemos ver, estamos diante de diferentes parentes exóticos das galinhas que apresentam diferentes modos de vida e cortejo. Apesar de terem evoluído de forma independente por muitos anos, todas essas aves compartilham certas características que os incluem na mesma família.

  • Galliformes [Internet]. Es.wikipedia.org. [cited 25 July 2020]. Available from: https://es.wikipedia.org/wiki/Galliformes
  • Centrocercus urophasianus [Internet]. Es.wikipedia.org. [cited 25 July 2020]. Available from:  https://es.wikipedia.org/wiki/Centrocercus_urophasianus
  • Lyrurus tetrix [Internet]. Es.wikipedia.org. [cited 25 July 2020]. Available from: https://es.wikipedia.org/wiki/Lyrurus_tetrix
  • Opisthocomus hoazin [Internet]. Es.wikipedia.org. [cited 25 July 2020]. Available from: https://es.wikipedia.org/wiki/Opisthocomus_hoazin
  • Numida meleagris [Internet]. Es.wikipedia.org. [cited 25 July 2020]. Available from: https://es.wikipedia.org/wiki/Numida_meleagris
  • Tetrao urogallus [Internet]. Es.wikipedia.org. [cited 25 July 2020]. Available from: https://es.wikipedia.org/wiki/Tetrao_urogallus
  • Pérez Más E. Aves. [Barcelona]: Bruguera; 1978.