Pastor-da-rússia-meridional: guardião do gado

15 Julho, 2020
O pastor-da-rússia-meridional é uma raça pouco conhecida de cachorro. Seu caráter rude e desconfiado, bem como seu tamanho grande, o tornam ideal para o pastoreio ou proteção da casa.

O Pastor-da-rússia-meridional é um cão grande e de construção robusta, também conhecido como pastor-da-ucrânia. No entanto, apesar de todos os nomes que recebe, vem do sul da Rússia.

Aparência geral do pastor-da-rússia-meridional

Esse cão se caracteriza por ser robusto e magro, mas com uma musculatura altamente desenvolvida e ossos sólidos. Os machos diferem das fêmeas por serem mais corpulentos e robustos.

Sua cabeça é alongada, com uma testa larga e um focinho pequeno e curto. Suas orelhas triangulares são pequenas e separadas. Ele pode exibir olhos de cores diferentes, que normalmente mostram uma tonalidade clara.

Embora o pastor-da-ucrânia seja caracterizado por ter pelos grossos e abundantes, seu comprimento é uniforme na cabeça, na cauda e no resto do corpo. A cor do pelo geralmente é branca ou com diferentes tons de cinza, às vezes pode ser branco com manchas cinza.

Adapta-se facilmente a diferentes condições climáticas e de temperatura. Além disso, seu pelo permite lidar com o frio predominante da sua região.

Em relação ao peso e à altura, o pastor-da-rússia-meridional é considerado um cão de raça grande. Seu peso oscila em torno de 48 a 50 quilos, enquanto a altura mínima nos machos é de 65 centímetros e nas fêmeas de 62 centímetros.

Aparência geral do pastor-da-rússia-meridional

Origem do pastor-da-rússia-meridional

A origem do cão pastor-da-rússia-meridional é difícil de determinar. Existem diferentes variantes em relação à origem dessa raça. Acredita-se que uma delas seja descendente dos cães criados por pré-eslavos.

Acredita-se que os pré-eslavos tiveram cães barbudos pré-históricos como pastores e protetores. Esses cães barbudos pré-históricos – ou broudasti em russo – foram descritos como “pastores assassinos” ou “assassinos de russos” pelo músico russo L. Sabaneev. Essa raça foi criada por nobres russos e totalmente desenvolvida em 1790.

Os cães pastores europeus e eslavos são descendentes dos mesmos ancestrais e são semelhantes. Isso acontece porque vários cães pastores, com sua pelagem longa e peluda, foram exportados para a Europa. Um registro destaca a chegada desses cães – junto com ovelhas da raça merino – à Espanha em 1797.

Outra teoria acredita que os pastores-australianos eram pequenos demais para proteger e guiar as ovelhas e também para enfrentar os lobos e outros predadores. Portanto, eles teriam sido cruzados com outros cães pastores e o lebréu.

Em seguida, teriam sido escolhidos apenas os maiores descendentes, os mais agressivos e mais resistentes. O que se sabe é que um ancestral direto do pastor-da-rússia-meridional é o lobo.

Temperamento

O pastor-da-rússia-meridional é caracterizado por ter um temperamento impetuoso, enérgico, agressivo e até desconfiado. Como consequência do seu caráter, não é um animal de estimação fácil. Recomenda-se ser um cuidador experiente para controlar esse animal.

Temperamento

Devido ao seu caráter agressivo e tamanho grande, cumpre perfeitamente o papel de protetor contra lobos e outros predadores. Ele também se comporta como um cão protetor para a casa e seus moradores. No entanto, devido à sua natureza agressiva, não era muito popular fora da Rússia.

Curiosidades sobre o pastor-da-rússia-meridional

O pastor-da-rússia-meridional pertence a um grupo de cães que precisa fazer muito exercício. Eles têm muita energia e precisam participar de atividades que os mantenham ativos, como o pastoreio.

Seu principal papel foi trabalhar como pastor: ele atuou como cão de guarda e protetor de rebanhos. Embora sua origem seja desconhecida, ela está intimamente relacionada ao lobo.

A raça quase desapareceu em 1917, no mesmo ano em que a Revolução Russa ocorreu. Em 1930, criadores e entusiastas fizeram um esforço para recuperar essa raça e recorreram à raça húngara komondor. Assim, criaram o comitê para a recuperação da raça do pastor-da-rússia-meridional.

Hoje, o pastor-da-rússia-meridional é pouco conhecido. Quase não aparece nas exposições de cães e parece que também não é visto como um animal de estimação. Por todas essas razões, o pastor-da-rússia-meridional se encontra em áreas restritas. Além disso, ele também faz parte da ‘Troika’, um trio bem conhecido de cães pastores russos.

  • https://www.ecured.cu/Pastor_ucraniano
  • https://www.dogbreedinfo.com/southrussianovtcharka.htm
  • http://alianzfederation.org/estandares-de-raza/pastor-de-rusia-meridional/