O que você precisa saber sobre a clonagem de animais de estimação

09 Agosto, 2020
Já faz alguns anos que um laboratório sul-coreano oferece serviços de clonagem de animais de estimação a seus clientes.

Em outra época, falar sobre a clonagem de animais de estimação poderia soar como algo futurista. No entanto, agora é um fato, embora a realidade certamente não seja como você imagina. Se você quiser saber o que é a clonagem e por que essa possibilidade está sendo oferecida para os animais de estimação, vamos te contar neste espaço.

O que é a clonagem? Ela existe na natureza?

A clonagem envolve um conjunto de técnicas biotecnológicas para obter cópias geneticamente idênticas de um organismo biológico. O ‘organismo copiado’ é chamado de clone.

Embora possa parecer um processo puramente artificial, os clones existem na natureza. Afinal, algumas plantas e organismos unicelulares, tais como as bactérias, são capazes de se reproduzir assexuadamente para gerar outro indivíduo idêntico.

a clonagem de animais de estimação

Outro exemplo de um ‘clone natural’ seriam os gêmeos univitelinos, que são geneticamente idênticos. Os gêmeos surgem quando um único óvulo fertilizado se divide, resultando, assim, em dois zigotos. Esses zigotos vão continuar se dividindo até formar dois embriões e, mais tarde, dois fetos que vão compartilhar a placenta.

a clonagem de animais de estimação

Os gêmeos fraternos são formados pela fusão de dois óvulos e dois espermatozoides diferentes e, além disso, não compartilham a mesma placenta. Eles não são mais parecidos do que qualquer irmão com outro, embora nasçam ao mesmo tempo.

Clonagem em laboratório

Existem vários tipos de clonagem artificial, e cada um tem um propósito diferente.

  • Clonagem de genes. De segmentos de DNA (genes).
  • Clonagem reprodutiva. Para criar cópias completas de animais.
  • Clonagem terapêutica. Para gerar linhas celulares que produzem tecidos a partir de células-mães. Esse tipo de clonagem tem como objetivo a substituição de tecidos lesionados ou afetados por uma doença, por isso a importância da pesquisa clínica.

Como os animais são clonados? A ovelha Dolly

Certamente, a primeira coisa que você associa ao termo clonagem é a ovelha Dolly, que foi o primeiro mamífero clonado a partir de uma célula adulta. Dolly foi criada pelos cientistas Ian Wilmut e Keith Campbell no Instituto Roslin em Edimburgo, em 1996.

a clonagem de animais de estimação

As células de uma glândula mamária foram obtidas a partir de ovelhas adultas e seus núcleos foram isolados. De outras ovelhas, foram extraídos os óvulos, cujos núcleos foram removidos para injetar os das células das glândulas mamárias.

Os óvulos que tiveram desenvolvimento embrionário foram introduzidos no útero de uma ovelha adulta e, assim, nasceu a ovelha Dolly.

A clonagem de animais de estimação como um negócio

Após mais de 20 anos, as técnicas de clonagem foram aperfeiçoadas. Experimentos de clonagem foram realizados em diversas espécies animais por meio de diferentes métodos: camundongos, ratos, gatos, veados, cães, cavalos, mulas, bois, vacas, coelhos, macacos…

Esses experimentos são para fins científicos, de produção ou até mesmo de conservação, mas há alguns anos um laboratório sul-coreano quis transformar a clonagem em um negócio privado.

O Sooam Biotech Research Foundation é o laboratório que, desde 2009, oferece serviços de clonagem para seus clientes.

Lancelot Encore foi o primeiro cachorro clonado comercialmente, um filhote de Labrador que foi encomendado por um casal americano por 155.000 dólares. O casal havia perdido seu cachorro, Sir Lancelot, por causa de câncer um ano antes, e arrecadou o dinheiro para clonar o animal de estimação falecido.

a clonagem de animais de estimação

Depois de Lancelot, houve muitos outros casos de animais clonados. A clonagem é realizada de maneira semelhante à que discutimos com Dolly.

Os núcleos a serem injetados nos óvulos das cadelas doadoras são obtidos a partir das células adultas do animal de estimação falecido. O embrião resultante é implantado em uma fêmea que dará à luz o animal clonado.

Podemos recuperar os nossos animais de estimação perdidos por meio da clonagem?

A resposta é não. Através da clonagem de animais de estimação, são obtidos animais muito semelhantes aos originais, mas há muitos outros fatores que influenciam a criação de um indivíduo.

a clonagem de animais de estimação

Nem todos os genes são facilmente replicáveis ​​e, além disso, há uma grande influência da epigenética. Ou seja, os fatores que regulam a expressão dos genes sem alterar a cadeia do DNA, que são herdáveis.

Além disso, conforme estudado anteriormente com gêmeos idênticos, a cultura, a educação e o ambiente em geral fazem com que eles se tornem indivíduos com caráter e personalidade únicos.

Nesse sentido, a clonagem de animais de estimação está se tornando um negócio. São muitas as pessoas que já quiseram recuperar seus companheiros quadrúpedes dessa maneira, mas devemos estar cientes de que isso não vai trazer de volta o nosso animal de estimação falecido.

  • National Human Genome Research Institute. Clonación.
  • Mariana Rojas; Felipe Venegas; Jean Luc Servey & Michel Guillomot. Clonación, producción de quimeras y células pluripotenciales. International Journal of Morphology. 22(4):343 – 350, 2004.
  • Sooam Biotech Research Foundation. Doog Cloning.
  • El Mundo. Clone a su mascota por 80.000 euros.
  • Newman, H. H., Freeman, F. N., & Holzinger, K. J. (1937). Twins: a study of heredity and environment. Oxford, England: Univ. Chicago Press.