Como é o processo de descalcificação em cães

01 Agosto, 2020
Se o seu cachorro está com níveis de cálcio no sangue inferiores ao normal, ele está sofrendo de uma condição médica conhecida como hipocalcemia. Com essa condição, começa um processo de descalcificação.
 

O processo de descalcificação em cães pode começar em diferentes fases da vida. Geralmente, ocorre quando um filhote não recebe nutrientes suficientes ao se alimentar do leite da mãe ou se a própria mãe estiver perdendo cálcio ao amamentar sua ninhada.

O cálcio desempenha um papel importante nas funções vitais do corpo, tais como formação de ossos e dentes, coagulação sanguínea e produção de leite. Além disso, também afeta a contração muscular, o bombeamento cardíaco, a visão e o metabolismo de hormônios e enzimas.

Portanto, se o seu cachorro apresentar sintomas de hipocalcemia, você deve levá-lo ao veterinário, pois a deficiência de cálcio é uma condição séria que requer tratamento imediato. No entanto, se for tratada a tempo, será possível evitar as consequências devastadoras do processo de descalcificação em cães.

Sintomas da descalcificação em cães

Os sintomas da descalcificação em cães variam de acordo com a causa subjacente e a gravidade do problema. No entanto, alguns dos sintomas mais comuns incluem:

  • Espasmos e tremores musculares
  • Marcha descoordenada ou rígida
  • Respiração ofegante
  • Esfregar o rosto contra objetos
  • Vômitos
  • Falta de apetite
  • Febre
  • Fraqueza

Em casos leves, não é possível observar nenhum sintoma até que o nível total de cálcio fique bem abaixo do normal.

Causas

A albumina é uma proteína encontrada no sangue e uma fração significativa do cálcio permanece ligada a ela, juntamente com o cálcio livre no sangue. Se o nível de albumina cair devido a algum outro problema ou doença, isso também afeta o nível total de cálcio.

 
processo de descalcificação em cães

Embora represente mais de 50% dos casos de hipocalcemia, os baixos níveis de cálcio associados à hipoalbuminemia geralmente não estão relacionados a nenhum sintoma.

A hipocalcemia também pode ser causada por:

Diagnóstico da descalcificação em cães

Há momentos nos quais um erro de laboratório indica uma hipocalcemia quando, na verdade, seu cachorro está bem. Para que isso possa ser confirmado, é importante fornecer um histórico detalhado da saúde do animal, bem como do início e da natureza dos sintomas, além da possível ocorrência que pode ter precipitado a doença.

Também será realizado um exame físico completo para avaliar todos os sistemas do corpo e a saúde geral, e para determinar se o processo de descalcificação foi iniciado.

Os exames de rotina incluem hemograma completo, perfil bioquímico e exame de urina, que vão fornecer informações valiosas sobre os níveis de cálcio no sangue e sobre as possíveis causas da hipocalcemia do seu cachorro.

 
processo de descalcificação em cães

Para determinar se o baixo nível de cálcio é responsável pelos sintomas presentes, o veterinário pode solicitar mais exames. Se esse problema for detectado a tempo, é possível impedir o início do processo de descalcificação em cães, portanto, é necessário ter atenção diante de quaisquer sintomas.

Em geral, a descalcificação é corrigida por meio da terapia de suplementação de cálcio sob monitoramento rigoroso, para evitar os efeitos colaterais relacionados à sobrecarga de cálcio. O veterinário também vai verificar os dados com um eletrocardiograma (ECG) porque o cálcio tem um efeito direto sobre o coração.

Após a terapia de cálcio por via intravenosa, o veterinário pode sugerir que você continue a suplementação de cálcio durante um longo período para evitar recaídas. Além disso, casos graves de hipocalcemia podem exigir internações prolongadas.

Vida e gestão

Nos casos com descalcificação transitória, a terapia inicial com cálcio geralmente vai resolver o problema. No entanto, se ocorrer por causa de um problema de saúde grave, vai precisar ser tratada por mais tempo para evitar a descalcificação.

 

A descalcificação em cães devido à nutrição e ao parto também pode exigir ações adicionais. Por exemplo, se a condição do seu cachorro estiver relacionada à nutrição, o veterinário vai fazer novas recomendações alimentares.

Enquanto isso, as cadelas que tiverem dado à luz recentemente podem ser separadas dos seus filhotes. Nesses casos, eles podem ser alimentados com uma mamadeira até que a descalcificação da cadela tenha sido tratada adequadamente.

  • https://veterinarypartner.vin.com/default.aspx?pid=19239&catId=102899&id=4952400
  • https://vcahospitals.com/know-your-pet/calcium-supplements
  • https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28643620