A triste história de Bear, um cachorro que vivia em uma sociedade protetora dos animais

09 Setembro, 2017

O que você sentiria se passasse a sua vida inteira esperando para ser adotado? Como você entenderia o fato de que algumas pessoas se interessam por você, mas por um motivo A ou B, você continua no abrigo, enquanto os demais, até mesmo aqueles que chegaram depois de você, vão embora felizes com suas novas famílias? Algo do tipo aconteceu com um bichinho em Michigan, nos EUA. Hoje, vamos contar a história de Bear, o cachorro que ninguém queria adotar.

Um bichinho que não conseguia encontrar um lar

A boa notícia é que, finalmente, ele encontrou um lar. No entanto, para chegar a esse ponto, o animalzinho teve que esperar tempo demais.

Bear ficou mais de dois anos e meio na sociedade protetora de animais Animal Welfare Group Detroit (DAWG). À medida em que os dias passavam e ninguém se interessava realmente por ele, sua tristeza ia aumentando.

Uma imagem do cachorro frustrado por não ter sido adotado pela milésima vez, realmente, fala mais que mil palavras sobre como estava o seu estado de espírito.

Conheça a história de Bear, o cão que ninguém queria adotar e que passava seus dias em uma sociedade protetora de animais, tomado pelo sentimento de tristeza. A boa notícia é que o animalzinho finalmente encontrou um lar que tem até um jardim. 

A história de Bear, marcada pela tristeza

O bichinho tinha sido encontrado abandonado, vagando pelas ruas da cidade de Flint, em Michigan, nos Estados Unidos, quando tinha 7 meses de vida. De lá para cá, ele foi levado a DAWG. Ele era um filhote tão bonito que os socorristas pensaram que seria rapidamente adotado.

Fonte: Facebook Detroit Animal Welfare Group (DAWG)

Ele ficou um tempo no lar provisório, mas devia voltar ao abrigo porque o seu tratador não podia mais ficar com ele. A partir desse momento, como se ele tivesse sofrido uma maldição, todas as pessoas que se mostravam interessadas em adotá-lo desistiam no último segundo.

Além disso, quando participava de diferentes eventos de adoção organizados pela sociedade protetora de animais, era um dos poucos animais que, literalmente, era ignorado pelas pessoas que procuravam o lugar em busca de um animal de estimação para adotar.

Uma foto e um olhar que mudaram o destino desse bichinho

A diretora da DAWG, ao perceber que a tristeza que o cachorro sentia se refletia nos olhos dele, resolveu tirar uma foto dele e publicá-la no Facebook do abrigo.

Sua imagem viralizou, e a história de Bear foi logo contada em um site da Internet, e, então, a notícia se propagou por outras páginas da rede.

Talvez, isso tenha sido a grande virada no destino do cachorro. A partir desse momento, muitas pessoas se mostraram interessadas pelo animalzinho até que, finalmente, foi adotado por uma família.

Agora, o bichinho está feliz e sua novíssima casa tem até um jardim, onde ele pode brincar à vontade.

Um final feliz que foi muito aguardado

Acaba sendo difícil explicar de forma lógica por que Bear teve tantas dificuldades para encontrar uma família humana que o acolhesse em seu lar. O cão sempre se relacionou bem tanto com adultos quanto com crianças. Além disso, é brincalhão, e gosta de receber carinho. Acima de tudo, entende as regras básicas de comportamento.

Seu único problema era que não podia viver com outros animais de estimação. Contudo, sem dúvida alguma, esse não foi o motivo para demorar tanto para ser adotado. Agora, sua família humana contará com a ajuda de um adestrador que se ofereceu voluntariamente para ajudar a fazer com que a integração do cachorro com a sua nova casa seja bem-sucedida.

Assim, Bear parecer ter deixado para trás sua triste história de abandono. E, mesmo que tenha sido demorado encontrar uma família que cuidasse e gostasse dele, nunca é tarde para começar uma vida nova e boa.

De um jeito ou de outro, existem muitos cães como Bear que continuam à espera da adoção em milhares de abrigos em todo o planeta. Além disso, há muitos outros que são abandonados diariamente e que vagam pelas ruas do mundo. A todos, desejamos um final feliz para suas tristes histórias.

Fonte das fotos: Facebook Detroit Animal Welfare Group (DAWG)