Welsh Corgi Pembroke: cuidados e características

27 Julho, 2020
Ao criar um Welsh Corgi Pembroke, é importante não alimentá-lo excessivamente. Essa raça adora comer, de modo que seus exemplares têm uma tendência ao sobrepeso.
 

O  Welsh Corgi Pembroke é extremamente amigável com todos os seres humanos, sejam familiares ou não. Eles amam sua família e são amáveis com as crianças pequenas. No entanto, não se dão bem com outros cães, a menos que sejam socializados desde pequenos.

Embora sejam cães muito inteligentes e movidos pela comida, há certos treinamentos que podem ser difíceis para eles. Por exemplo, treiná-los para não latir será uma tarefa árdua, pois eles adoram latir, quase tanto quanto comer.

Cuidados com o Welsh Corgi Pembroke 

Os corgis são extremamente fáceis de cuidar. Eles têm pelos curtos e não soltam tanto pelo quanto muitas outras raças caninas. A única preocupação é o fato de que babam bastante e, por isso, é necessário limpar ao redor da boca deles.

Adaptabilidade

Esaes cães são excelentes na adaptação a diferentes condições de vida. Porém, como são originários do clima frio do país de Gales, não se dão bem em locais com temperaturas quentes.

Os corgis gostam de pastorear e precisam de uma boa quantidade de exercícios diários. Eles gostam de sair para passear e se divertem brincando com seus humanos. Não deixe de mantê-los ativos, pois, caso contrário, são propensos a ter sobrepeso.

 

Origens do Welsh Corgi Pembroke

Você já se perguntou por que a rainha da Inglaterra ama e já criou tantos Pembrokes em sua vida? É porque o Welsh Corgi Pembroke se originou não muito longe de lá, em Pembrokeshire, no País de Gales. Portanto, o seu nome é apropriado e óbvio.

Welsh Corgi Pembroke

A história do surgimento do Pembroke se origina do folclore galês antigo. De acordo com a lenda, duas crianças estavam brincando no campo quando encontraram duas raposas. Mas elas não eram como qualquer outra raposa que já tinham visto. Então, as crianças as levaram para casa, ansiosas para mostrá-las aos pais.

Assim que os pais inspecionaram esses animais misteriosos, descobriram que eram cachorros. Então, disseram às crianças que eles eram presentes das fadas vagando pelos campos. Sim, eles disseram que os Pembrokes puxavam as carruagens das fadas enquanto cavalgavam em batalha.

 

O cachorro dos vikings

Falando mais sério, há outras explicações que diferem dessa das fadas. Os historiadores afirmam que as raças modernas de corgi são descendentes dos Vallhunds. Esses cães de pastoreio suecos foram levados para o país de Gales por volta do século IX, pelos vikings.

No entanto, a origem exata do Welsh Corgi Pembroke ainda é desconhecida. Na época, os cães eram criados como experimentos para encontrar o melhor cão de pastoreio. Esses criadores nunca mantiveram registros de quais cães foram criados com outros. Mas, com um pouco de sorte, nasceram esses cães incríveis.

Foi apenas na década de 1920 que o Kennel Club do Reino Unido finalmente reconheceu esses cães como uma raça pura.

Características do Welsh Corgi Pembroke 

O Welsh Corgi Pembroke é conhecido por suas patas curtas e grossas e corpo comprido. Essa raça de cachorro geralmente é reconhecida como sendo de tamanho médio. O peso ideal para o Pembroke é de cerca de 13 quilos. Mas, como esses cães têm uma tendência a comer demais, muitos deles superam esse peso.

 
Welsh Corgi Pembroke

Personalidade

É verdade que esses cães foram criados para o pastoreio anteriormente, mas não espere que eles façam muito desse trabalho hoje em dia. Atualmente, a maioria dos Pembrokes é usada principalmente como cães de família. Geralmente, são cães muito carinhosos e felizes.

Eles também podem ser cães muito teimosos. Mas, por serem tão inteligentes – os Pembrokes são a décima primeira raça no ranking de cães mais inteligentes – eles geralmente têm uma mentalidade independente. Isso significa que eles são muito conscientes das situações e gostam de pensar por si mesmos.

Treinando um Pembroke

O fato de serem tão inteligentes os torna muito treináveis. Eles aprendem truques de cães muito rapidamente, desde pequenos. No entanto, não espere que eles fiquem muito ansiosos para executar esses truques para você. Alguns Pembrokes precisam de um pouco de motivação para obedecer a esses truques (dica: guloseimas!).

 

As raças de cães loucas por comida, como o Pembroke, oferecem ótimos aprendizes, já que as guloseimas agem como a melhor forma de motivação. Mas, tenha cuidado, pois eles são muito propensos a comer demais. Uma vez que tenham acumulado muito peso, pode ser difícil perder esses quilos a mais.

Latido

Esses cães têm orelhas grandes e, às vezes, são muito sensíveis ao ruído. Eles latem para quase tudo. Certamente, vão te avisar com latidos altos se um invasor se aproximar da propriedade. Mas não pense que eles vão ficar super agressivos se alguém invadir sua casa. 

 
  • https://dogtime.com/dog-breeds/pembroke-welsh-corgi#/slide/1
  • https://www.akc.org/dog-breeds/pembroke-welsh-corgi/