Os 3 problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas

03 Junho, 2020
Como são um dos animais de estimação mais comuns atualmente, é essencial conhecer os problemas de saúde mais comuns apresentados pelas tartarugas domésticas.

As tartarugas são um dos animais de estimação exóticos mais comuns. Pequenas e fáceis de cuidar, elas são escolhidas como animais de estimação à frente de cães e gatos. Existem conhecimentos cada vez mais amplos sobre os seus cuidados. Você sabe quais são os problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas? Confira!

Os 3 problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas

problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas

Hipovitaminose A

Em primeiro lugar, a vitamina A é necessária para o bom estado das mucosas e da pele dos animais. É uma vitamina que não é sintetizada no organismo e, portanto, deve ser ingerida através da dieta na forma de betacaroteno ou retinol.

Sintomatologia

As tartarugas com hipovitaminose ficam com olhos inchados, blefarite, edema, hiperqueratose da pele ao redor dos olhos e, às vezes, crostas. A córnea geralmente perde o brilho e adquire uma aparência opaca. Além disso, o estado geral costuma piorar, com sinais de apatia, falta de apetite e perda de peso.

Os sintomas são semelhantes aos de outras doenças, tais como conjuntivite purulenta ou úlcera da córnea. Para diferenciá-las, devem ser realizados exames complementares na clínica veterinária.

Diagnóstico e tratamento

Para garantir o diagnóstico, é necessário buscada uma resposta positiva ao tratamento com injeções intramusculares de vitamina A aplicadas a cada 15 dias. Além disso, os sintomas oculares serão tratados através da limpeza dos olhos e da aplicação de uma pomada oftálmica.

Por fim, o mais importante será a mudança na dieta. É necessário alimentar a tartaruga com uma ração específica enriquecida com vitamina A ou seguir uma dieta natural estrita – embora isso sempre seja mais complicado porque os ingredientes adequados nem sempre estão disponíveis em casa.

Recomenda-se, no caso das espécies carnívoras, a adição de alguns pedaços de fígado esmagado ao cardápio semanal. Caso seja uma tartaruga herbívora, deve haver a adição de frutas e legumes de cor laranja, vermelha e amarela.

problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas

Otite em tartarugas domésticas 

As causas da otite nos quelônios são variadas:

  • Hibernações inadequadas que causam imunossupressão.
  • Infecções na boca ou na faringe.
  • Traumas na área da orelha.
  • Hipovitaminose A.

Geralmente, a dieta também não é adequada, especialmente para as espécies carnívoras, sendo pobres em vitaminas.

Sintomatologia 

problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas
Fonte: DiagnosticoVeterinario.com

Primeiramente, a região timpânica fica bastante aumentada, formando um nódulo em um lado da cabeça – ou em ambos, se os dois estiverem afetados. Na palpação, ele é percebido como endurecido e com aumento de temperatura.

Ao abrir a cavidade oral da tartaruga e apertar o nódulo, vemos que a boca se enche de uma secreção densa e esbranquiçada, geralmente purulenta. Esse último dado, a princípio, deve permitir diferenciar o diagnóstico de um possível tumor.

Em segundo lugar, o animal geralmente fica apático e frequentemente perde o apetite.

Diagnóstico e tratamento

Para confirmar o diagnóstico, sugere-se que seja feito um raio-x para avaliar o ouvido médio e interno e verificar se eles foram afetados, além de um exame de sangue. Uma vez que o diagnóstico seja confirmado, deve ser realizada uma cirurgia para remover o abscesso e será prescrito um tratamento com antibióticos durante 10 dias.

Prolapso da cloaca, um dos problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas

Os prolapsos cloacais são patologias relativamente frequentes em répteis. Suas causam podem ser muito diversas:

  • Hipocalcemia.
  • Gastroenterite.
  • Hiperfosfatemia.
  • Parasitas intestinais.
  • Presença de corpo estranho.

Para diagnosticar várias dessas causas são necessários certos exames adicionais – tais como a análise das fezes – que não podem ser realizados no caso de um prolapso. Dessa forma, será necessário estabelecer a observação dos sintomas para determinar a resolução do problema.

Sintomatologia

Primeiramente, a cloaca fica fora do seu orifício, inchada e edemaciada. Esse desconforto faz com que o animal perca o apetite, fique desidratado, não defeque e aparente estar em más condições. 

problemas de saúde mais comuns em tartarugas domésticas

Tratamento

Em primeiro lugar, o tratamento começará tentando reduzir a inflamação da cloaca, aplicando compressas de gelo no tecido afetado. Uma vez feito isso, com o animal anestesiado, o prolapso é reintroduzido através do ânus, lubrificando bem a cloaca, e são dados alguns pontos para impedir que isso aconteça novamente.

Nota final

Existem várias doenças que podem afetar a saúde das tartarugas domésticas com frequência, por isso é importante conhecê-las e estar atento aos primeiros sintomas. Sem dúvida, o ideal é sempre aplicar uma boa estratégia de prevenção para garantir o bem-estar do animal.

  • Valls Badía X, Vergués Bueno J. Casos clínicos de animales exóticos. Servet.